.

.

11 de junho de 2016

Educação do Paulista desenvolve projeto pedagógico para aproximar a família da escola


O abismo que separa a família da escola interfere diretamente na formação do estudante e do cidadão. A ausência dos pais nesse processo transfere para os professores a responsabilidade de educar e também preparar os pequenos para o mundo. Mas, afinal, de quem é essa obrigação? Ciente de que ambos são fundamentais nessa tarefa, a Secretaria de Educação do Paulista está desenvolvendo um projeto pedagógico que vem aproximando, cada vez mais, os dois segmentos e tornando o ambiente escolar ainda mais agradável.

Ao todo, 53 escolas da rede municipal estão envolvidas nessa ação, que foi intitulada de “Escola e família: parceiros de sempre na formação cidadã”. A ainiciativa acontece nas creches e nas unidades onde existem turmas de Educação Infantil, contemplando a garotada de 0 a 5 anos. Nessas escolas, os pais ou responsáveis estão sendo incentivados a participar de reuniões, grupos de debates e aulas com os próprios filhos onde são trabalhados os valores humanos, que abordam temas como: verdade, retidão, paz, amor e não-violência.

Nesta sexta-feira (10.06), o projeto pedagógico chegou à fase final na extensão da Escola Municipal Terezinha Camarotti – a unidade Santa Clara –, no bairro da Mirueira. O evento de culminância reuniu muitos pais e professores no pátio do centro educacional. Os estudantes prepararam uma apresentação teatral sobre o filme “O Mágico de Oz”, que trabalha conceitos importantes na formação cidadã, de uma forma divertida e atraente, com personagens marcantes, como o leão, espantalho, homem de lata e a pequena Dorothy.

A ideia foi chamar a atenção dos pequenos para os valores de uma forma mais acessível. A vice-gestora da Escola Santa Clara, Valdira Ursulino, disse que 80 estudantes participaram do projeto na unidade e que o resultado foi o melhor possível. “É muito importante quando a escola se mobiliza para resgatar os valores que estão ficando esquecidos. Com esse projeto, conseguimos envolver ainda mais os pais nas atividades da escola. Isso é muito válido porque fortalece o trabalho educacional que está sendo desenvolvido”, comentou.

O montador Gutenberg Douglas foi prestigiar a filha Emile Nicole na apresentação teatral. Acompanhado da esposa, ele revelou que faz de tudo para acompanhar o dia a dia da pequena de cinco anos na escola. “Os pais precisam ficar perto dos filhos em tudo na vida. E na escola não é diferente. Sempre que posso estou com ela e faço questão de participar. Até já pedi pra sair mais cedo do trabalho para assistir uma apresentação em sala de aula”, lembrou.

Presente ao evento, a diretora de ensino da Secretaria de Educação, Marilúcia Francisca da Silva, salientou que a gestão municipal tem se esforçado para encurtar a distância entre as famílias e as escolas. Tanto é que o tema do ano letivo de 2016 está relacionado a este assunto. Na visão dela, ações como essa aproximam não apenas os pais dos professores, mas, sobretudo, fortalece o processo de formação cidadã da garotada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário