.

.

1 de julho de 2016

Junior Matuto realiza entrega de 115 permissões para taxistas do Paulista

Como forma de reafirmar um compromisso estabelecido pela Prefeitura do Paulista, foram entregues, na tarde desta sexta-feira (01.07), 115 permissões para taxistas que venceram o processo licitatório iniciado em 2015, e poderão realizar o transporte de passageiros no município do Paulista. O evento aconteceu no Clube Municipal do Nobre e contou com a presença do prefeito Junior Matuto. Deste total de permissionários, 60% trabalhava como frentista passa a ter a situação regularizada a partir de agora. Os outros 40% dos contemplados foi do público em geral que também se inscreveu e conseguiu a autorização.


Em conversa com os beneficiados pelas permissões, o prefeito Junior Matuto ressaltou sua preocupação em atender às necessidades de quem já trabalhava como fretista e precisava se regularizar. "O que muitos pediram era o mínimo de dignidade e que acabasse com as perseguições. E ora, era taxista brigando com fretistas, e fretista brigando com taxista. E na verdade, quando escutei uma categoria e escutei a outra, esqueci o que era taxista e o que era fretista e coloquei na balança que era um bocado de pai de família brigando pelo pão", disse Matuto.

De acordo com o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Alessandro Rodrigues, todos eles deverão comparecer à sede do órgão, localizada na Rodovia PE-15, com o intuito de fazer a vistoria dos veículos e efetuar seu cadastramento. Para quem não possui o veículo, ele explica que a pessoa deve ir ao órgão e receber o alvará provisório, e assim, comprar o carro com desconto. Para quem já possui o carro, é preciso fazer vistoria e receber os ofícios e se dirigir ao Detran, onde terão a autorização para colocar a placa de aluguel (vermelha). 

"Foi uma grande conquista e uma e o cumprimento da promessa em regularizar o transporte irregular, que já acontecia há mais de 40 anos no Paulista. E por recomendação do Ministério Público, o prefeito Júnior Matuto conseguir resolver esse problema", ressaltou Alessandro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário