.

.

15 de julho de 2016

Teste do olhinho é fundamental para avaliar a saúde do bebê

Os exames realizados durante os primeiros meses de vida do bebê são importantes para diagnosticar e tratar possíveis doenças. Este é o caso do teste do olhinho ou mais conhecido como teste do reflexo vermelho. O procedimento faz parte da rotina obrigatória dos exames de recém-nascidos.

Segundo a médica oftalmologista Catarina Ventura, através do teste do olhinho é possível descobrir problemas graves de visão, como a catarata congênita, o glaucoma congênito e a cegueira. “É importante que nos primeiros 30 dias de vida o bebê seja examinado, porque existem essas patologias congênitas e quando são diagnosticadas precocemente devem ser resolvidas o mais rápido possível”, disse.

O teste do olhinho pode ser feito por um pediatra na maternidade. É um exame rápido, que dura em média três minutos. O médico usa um instrumento oftalmológico diante dos olhos da criança e emite uma luz: se o reflexo nos olhos ficar vermelho, significa que está tudo bem com a visão. Caso exista alguma alteração, o caso precisará ser avaliado por um oftalmologista.

É o caso do pequeno Flávio Roberto com apenas dois meses de vida. Ele fez o teste do olhinho logo quando nasceu. Mas na maternidade foi informada uma possível alteração no olho esquerdo. O menininho teve de ser encaminhado para uma avaliação oftalmológica, mas foi descartado qualquer problema. A mãe dele, a dona de casa Josiane Gomes estava bastante aliviada. “Fico mais tranquila porque está tudo bem com o meu filho. O exame é importante por isso. Conseguimos prevenir muitas doenças”, concluiu.

Além do teste do olhinho, o bebê passa por outros exames logo após o nascimento: teste do pezinho, tipagem sanguínea, teste da orelhinha ou triagem auditiva e teste do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário