.

.

24 de agosto de 2016

Mulheres no primeiro trimestre de gravidez passam a receber repelente contra o Zika Vírus em Paulista

A Prefeitura do Paulista iniciou nesta terça-feira (23.08) a entrega de repelentes para as grávidas do município no período gestacional de zero a três meses – fase mais crítica do desenvolvimento do feto. O produto, fornecido à Secretaria de Saúde pelo Governo do Estado, vai proteger a mulher e o bebê de doenças como o Zika Vírus, principal responsável pelos casos de microcefalia. O trabalho de orientação e distribuição dos frascos está sendo realizado nas unidades básicas de saúde. Nesta tarde, as usuárias do posto do Chega Mais/Loteamento Conceição, no bairro de Pau Amarelo, foram as primeiras beneficiadas.

A dona de casa Jacira Maria da Silva, 22 anos, foi à unidade acompanhada do esposo para fazer a segunda consulta de pré-natal. No terceiro mês de gestação, ela recebeu uma unidade. “Essa entrega acontece em boa hora porque tenho comprado muitos produtos para me proteger. Agora vai ser um gasto a menos. Acho que essa ação vai beneficiar muitas mães, que assim como eu, não tem muitas condições de gastar dinheiro com o repelente”, frisou.

Cada gestante terá direito a um frasco por mês, totalizando três no trimestre. A entrega será feita de uma só vez. No entanto, a quantidade será definida pelo período gestacional. Isso significa que a grávida no primeiro mês receberá o maior número de repelentes, enquanto uma mulher no terceiro terá direito a uma unidade. O produto que está sendo distribuído na rede municipal não possui em sua composição a cânfora, componente contraindicado durante a gravidez. 

Ao todo, 2.450 unidades do produto foram destinadas à Prefeitura do Paulista, que ficou encarregada de distribuir junto às gestantes. A entrega será feita durante as consultas do pré-natal. O envio de um novo lote fica sob a responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde. A moradora da comunidade, Maria José da Silva, 24 anos, recebeu um repelente também. Ela ficou surpresa com a ação da prefeitura. “Eu vi pela televisão que em outros estados a distribuição dos repelentes começou, mas não imaginava que aqui no município fosse ter. Fiquei contente com isso”, revelou a gestante.

A coordenadora de Saúde da Mulher, da Secretaria Municipal de Saúde, Mirelle Albuquerque, disse que a entrega do produto reforça o cuidado que a gestante precisa ter para evitar que o bebê possa ficar livre do Zika Vírus. “Além do repelente que estamos distribuindo, as grávidas precisam manter alguns cuidados para não ter nenhuma surpresa na gestação, entre eles, usar calças e camisas cumpridas e durmir com mosqueteiro”, orientou, deixando claro que por orientação médica o repelente só deve ser usado três vezes por dia.ORIENTAÇÕES GERAIS – Com o objetivo de nivelar as informações repassadas às gestantes nas unidades básicas, a Secretaria de Saúde promoveu um encontro nesta terça-feira (23.08) com enfermeiras da rede municipal. No encontro, que aconteceu na sede do órgão, no Centro da cidade, as profissionais receberam os repelentes e as orientações sobre a sua destinação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário