.

.

28 de agosto de 2016

Saiba como lidar com os medos dos seus filhos


Medo todo mundo tem, não importa a idade. Sem esse sentimento não desenvolveríamos a noção de perigo. No caso dos pequenos, no entanto, o temor está relacionado à construção de autonomia. Desse modo, o importante é identificar do que o seu filho tem medo e, a partir daí, encontrar a melhor forma de, juntos, combaterem esse mal momento. 

Algumas crianças têm medo de coisas bem específicas: insetos, cachorros, do escuro, de barulhos altos, como o do aspirador de pó. Outros têm medo de situações novas ou de encontrar pessoas novas. Boa parte desses medos desaparece conforme a criança sente-se mais segura de si e do ambiente ao redor. 

Confira alguns procedimentos que devem ser tomados para ajudar seu filho a lutar contra seus medos:

- Escute o seu filho: É muito importante que escute seu filho, permitindo-lhe que expresse todos os seus medos. Tente saber o que é que o assusta. Dê importância sem ignorá-los.

- Não despreze o medo da criança: Não subestime os medos da criança, mesmo que pareçam bobos ou irracionais -- para ela, a coisa é bem séria e real. Evite sorrir ou fazer pouco da situação quando ela se mostrar assustada com uma sirene, um caminhão barulhento ou a descarga do banheiro, por exemplo. 

- Dê carinho ao seu filho: Transmita afeto, proteção, tranquilidade e confiança. Dessa forma, seu filho lhe contará sempre sobre seus medos, e poderá ajudá-lo que os supere e cresça mais seguro de si mesmo.

- Se coloque no lugar dele: Estimule seu filho a expressar seus medos sem sentir-se ridicularizado nem envergonhado. Para isso é necessário que aceite os medos como reais. Conte a ele, por exemplo, situações que te assustaram quando era pequeno e de seus medos.

- Apoie o seu filho: Enfrente o problema com seu filho. Quando ele não for capaz de fazer algo sozinho, tente fazer com ele para que possa comprovar que não é nada demais. Se, por exemplo, ele não quer entrar em seu quarto no escuro dê a mão a ele e entre junto.

- Não dramatize a situação: Quando seu filho estiver passando por uma situação de medo trate de distraí-lo com jogos. 

- Fale sempre a verdade para seu filho: Conte sempre a verdade. Às vezes é o desconhecido e a falta de informação o que provoca os temores no seu filho. Se ele se assusta com contos de ogros, bruxas, etc., diga-lhe que todos os personagens não existem na realidade e que vivem somente nos contos, nos filmes, etc. Repita muitas vezes se necessário.

- Use objetos de estimação: Pode ser legal usar algum objeto que o seu filho adora, como a fraldinha a que ele é apegado desde bebê, ou um velho bichinho de pelúcia, para ajudá-lo a enfrentar situações que o assustam. Objetos assim dão conforto a uma criança ansiosa, especialmente quando você precisa deixá-la, por exemplo, na creche ou na cama à noite, para dormir. 

- Não exagere na proteção: Muitas vezes, a primeira solução que vem à cabeça para evitar o medo é eliminar qualquer coisa que possa assustar a criança.

- Procure ajuda médica: Se o medo de seu filho interfere rotineiramente nas atividades normais do dia-a-dia converse com o pediatra, especialmente se a situação se intensificar. A criança pode estar sofrendo de algum tipo de fobia ou um problema de ansiedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário