.

.

2 de setembro de 2016

Alunos de nove escolas do município são beneficiados pelo programa Olhar Paulista

Estudantes de mais nove escolas do município foram beneficiados, nesta sexta-feira (02.09), com o programa Olhar Paulista. A iniciativa é fruto de uma parceria firmada pelas secretarias de Saúde e de Educação com o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (LAFEPE). Os serviços de oftalmologia estão sendo disponibilizados desde o mês de agosto para todas as crianças da rede municipal que sofrem alguma dificuldade visual.

Alunos das escolas Amaro Alexandrino, Firmino da Veiga, Presidente Kennedy, Manuel Gonçalves, Maria Luzia, Miguel Arraes, Maria da Conceição Paz, Maria Leopoldina e Margarida Sampaio foram os beneficiados desta vez. Os alunos entre seis e 12 anos que passaram pela triagem dos agentes de saúde escolar compareceram pela manhã no Centro de Visão de Pernambuco (Cevip), na área central da cidade.

Renata Silva, 35 anos, é mãe de uma das alunas favorecidas pelo programa. Ela, que é vendedora, vê o programa como uma excelente oportunidade para as crianças. “O olhar Paulista é bom porque nem sempre a gente consegue pagar uma consulta, e é um beneficio para as crianças, pois elas são quem mais precisam”.

“É uma medida que visa, na verdade, uma prevenção para as crianças que muitas vezes não sabem que tem graus e acabam tento algum tipo de dificuldade na escola. Além disso, existem outras doenças que podem ser prevenidas se diagnosticadas com antecedência, como: glaucoma, estrabismos e até catarata congênita, são doenças que precisam ser tratadas o quanto antes, caso necessário”. Relatou o médico oftalmologista Carlos Gustavo de Melo Gonçalves de Lima.

A coordenadora do Programa de Saúde Escolar, professora Elisângela Torres conta que o Olhar Paulista tem ajudado muito a todas as crianças que já ganharam os óculos, pois beneficia os alunos tanto nas tarefas de casa e na sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário