.

.

25 de setembro de 2016

Alunos do Paulista realizam aulas prática de trânsito

Foi iniciada na manhã desta sexta-feira (23.09) mais uma etapa do programa “Condutor do Amanhã”. Alunos do 1º ao 5º ano de duas escolas da rede municipal do Paulista participaram de aulas práticas no autódromo da Federação Pernambucana de Automobilismo (FPA). A iniciativa é uma parceira da Prefeitura do Paulista, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran) e a FPA.


Desde que foi implantado na rede municipal de ensino, o programa vem oferecendo conteúdo teórico para os alunos, com a finalidade de orientar e educar esses futuros motoristas e pedestres para enfrentar os desafios e os perigos do trânsito. Os estudantes receberam informação em sala de aula de forma transversal, por parte dos professores, que por sua vez passaram por uma formação com técnicos do Detran.

Durante a ação, os alunos receberam orientações de educadores do órgão estadual, passando por noções sobre o funcionamento do tráfego, regras de trânsito e respeito aos pedestres e ciclistas. Na pista, a garotada pode colocar às recomendações em prática, à frente de três carrinhos elétricos e bicicletas, disponibilizados pela iniciativa privada.

Para o secretário de Educação do Paulista, Carlos Ribeiro Junior, a atual gestão está envolvida em um projeto não só de educação, mas de cidadania. “Nós estamos levando educação de trânsito para as salas de aula, isso significa que a prefeitura está investindo no futuro desses alunos, para que eles sejam cidadãos conscientes”, ressaltou.

O presidente do Detran/PE, Charles Ribeiro, destacou a relevância do “Condutor do Amanhã” para o futuro do Estado e do País. “Esse projeto propiciará que na próxima geração nós possamos ter condutores que são conscientes, que saibam que não pode ultrapassar o sinal vermelho, o limite de velocidade, e isso só acontece quando você educa a pessoa pra isso. Por enquanto ainda não teremos novos motoristas nas ruas, mas ganharemos fiscais”, afirmou.

Inicialmente serão contempladas as turmas do ensino fundamental anos iniciais, que compreende a faixa etária de 07 a 09 anos. A expectativa é de que o “Condutor do Amanhã” beneficie 1,8 mil estudantes por ano da rede local de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário