.

.

8 de setembro de 2016

Paulista avança com projeto que envolve duplicação da Ponte do Janga



Mais uma das intervenções que englobam o conjunto de obras de duplicação da Avenida Cláudio José Gueiros Leite (PE-01) foi analisada, nesta quinta-feira (08.09), por dirigentes da Prefeitura do Paulista. A equipe discutiu os pormenores do alargamento da Ponte do Janga e o Projeto de Restauração Florestal de Bosque de Mangue na Bacia do Rio Paratibe. O documento já está sendo alvo de estudos da Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH) para fins de aprovação.

Para duplicar a ponte com estruturação de duas novas faixas de rolamento, o que será feito do lado Leste da rodovia, será necessária a supressão de uma área de manguezal. Em contrapartida, o projeto prevê a realização de uma compensação florestal no setor Oeste. Cerca de 3.000 mudas devem ser utilizadas.

O plano irá adotar duas técnicas de compensação florestal. A retirada de tensores para a recuperação natural do ecossistema e a promoção das condições hidrodinâmicas (aberturas de seis canais), através de serviços de engenharia; e o plantio de mudas de mangue.

Na opinião do prefeito Junior Matuto, a duplicação da PE-01 é uma das ações mais esperadas pelos moradores dos bairros da orla e das pessoas que circulam por Paulista. “Estamos tirando do papel um projeto histórico e uma das mais significativas obras da nossa gestão. Atualmente, é mais cansativo para os condutores chegarem ao destino final do que trabalhar”. 

DUPLICAÇÃO – As obras de duplicação da PE-01 estão na fase de aplicação de asfalto. O serviço de ampliação compreende o trecho que vai da Ponte do Janga até o Conjunto Beira Mar, no mesmo bairro. A extensão beneficiada é de 4,5 km. A via irá ganhar mobilidade e beneficiar aproximadamente 120 mil pessoas. O investimento gira em torno de R$ 16 milhões. A iniciativa é resultado de uma parceria firmada entre a Prefeitura do Paulista e o Governo do Estado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário