.

.

7 de setembro de 2016

Sérgio Leite justifica saída do PT por estratégia eleitoral

Ex-militante do PT, o candidato à Prefeitura do Paulista, Sérgio Leite (PDT) justificou a saída do partido para poder ingressar em uma coligação mais ampla e assim disputar contra a máquina da prefeitura do candidato à reeleição Junior Matuto (PSB). Em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, nesta terça-feira (6), o pedetista afirmou que suas posições políticas não mudaram.


“Eu não desisti do PT. Tenho uma disputa eleitoral faz muito tempo por conta de vários fatores, como disputa do poder econômico. Eu estava na encruzilhada. Tenho chances de ganhar essa eleição. As pessoas que votaram em mim, tem oportunidade de votar em mim de novo. Eu sou contra o golpe, sou contra tudo que está ai, defendo todos os princípios que defendi. Eu não iria permitir que Paulista continue do jeito que está ai”, afirmou Leite.

Segundo o candidato, a chapa que iria ser formada pelo PT não seria competitiva. “Não tinha aliado pra coligar. Não tinha uma chapa para disputar. Conversamos com alguns companheiros do PT e estamos com uma chapa com 85 candidatos a vereador, eu iria disputar com 7 candidatos”, justificou.

“Como iria disputar com a máquina da prefeitura espalhada em uma cidade com 24 bairros? Não vou deixar minha compreensão política, do que é a politica, do que eu defendo”, completou o postulante.

Do Blog da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário