.

.

21 de novembro de 2016

Serviços Públicos realiza ação de conscientização sobre os dias certos para colocar o lixo para fora

Por meio da secretaria de Serviços Públicos, a Prefeitura do Paulista está realizando uma ação de mapeamento e erradicação de pontos de acúmulo de lixo, por meio da conscientização para que a população evite descartar de maneira errada o lixo, como em ruas, calçadas ou em terrenos desocupados. A atividade já foi realizada nos bairros de Maranguape 0 e Maranguape II, e está passando pelo bairro de Conceição, na Avenida Estados Unidos. 


A comerciante Ângela Geralda, de 48 anos, relatou que os problemas relacionado ao lixo são recorrentes na localidade. “É muito bom uma ação como essa. Pode até ser que mude a cabeça das pessoas e elas se conscientizem, certeza a gente não tem, porque vem um e prejudica outros, quando dá enchente o lixo vai todo para a canaleta, mas estamos percebendo uma mudança pra melhor, se comparado com o que já foi aqui”, disse ela. 

“O objetivo é fazer com que os moradores passem a esperar sempre pelos dias da coleta do lixo. Pois tem pessoas que jogam lixo, e muito entulho e acabam formando pontos de acúmulo desse lixo”, relatou o encarregado da ação na área, Jobson Guedes. 

Ele explicou ainda, que para realizar a conscientização, um grupo de pessoas está se deslocando diariamente para essas localidades, indo de porta em porta e pedindo que os moradores se programem e coloquem o lixo para fora somente nos dias certos, que no caso desta localidade são às terças, quintas e sábados.

Falando sobre os problemas de lixo em terrenos ou em outros locais inadequados, uma ação de grande importância foi realizada no mês passado, em frente à escola Ministro Marcos Freire, em Maranguape I, onde havia um ponto de lixo. No local, uma iniciativa da do Projeto Criativos da Escola, realizada pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com o Grupo Votorantim, criou um espaço de lazer e cultura chamado Praça Ecoteca. A área foi totalmente restaurada pelos próprios estudantes e moradores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário