.

.

Cinesytem

25 de janeiro de 2017

Paulista e Polícia Civil fortalecem ações de combate à violência contra a mulher


A Secretária da Mulher do Paulista Bianca Pinho Alves recebeu uma visita que vai contribuir muito com as ações de enfrentamento da violência de gênero, a gestora do Departamento de Polícia para a Mulher do Estado Inalva Regina, que no encontro desta terça-feira (24.01), apresentou a nova titular da Delegacia da Mulher do município, Lúcia Custódio que vai atuar nas dependências do complexo policial de Paulista, na Praça Frederico Lundegren, que funciona no centro da cidade.

Na reunião um dos assuntos abordados foi de como as instituições podem fortalecer o relacionamento e unificar as ações no acolhimento às vítimas da violência, na Delegacia da Mulher e no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) do município. Estabelecendo conceitos, princípios, diretrizes e ações de prevenção e combate à violência contra as mulheres.

Pesquisas indicam que o número de violência contra as mulheres, aumentou quase em 30% entre os anos 2015 e 2016. Preocupada com estes dados, a secretária da Mulher do Paulista, Bianca Pinho Alves, vem buscando fortalecer o apoio e o combate a esta realidade. “Estamos intensificando nossas ações e fortalecer esta parceria com a nova delegada Lúcia Custódio é muito importante na nossa luta. Este encontro deve resultar na implantação de uma Câmara Técnica de Gênero no município”, disse Bianca.

Em Paulista, as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar podem procurar ajuda no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM). A unidade conta com uma equipe multidisciplinar que oferece apoio psicológico, jurídico e assistência social e funciona na Rua Santa Tereza, número 384, bairro da Aurora.

Políticas Públicas para as Mulheres no Paulista - Durante os últimos quatro anos desta gestão, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Paulista desempenhou ações ligadas à políticas públicas para o público feminino da cidade. O município conseguiu destaque na implantação dos projetos “AtuaAção pela Igualdade” e o Projeto Fêmea, que tem o objetivo de transformar as mulheres paulistenses em empreendedoras. Também foi responsável pela geração de vagas em cursos profissionalizantes para o público feminino com o Programa Lugar de Mulher na Qualificação Profissional; a implantação do programa PreviAtiva Mulher para as servidoras aposentadas; além do fortalecimento dos grupos produtivos na cidade. Em 2014 Paulista foi finalista do Concurso de Iniciativas Regionais para Promover a Igualdade de Gênero na América Latina e no Caribe. O prêmio é coordenado pelo Banco Mundial e teve 150 projetos na disputa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário