.

.

Quinta do Beijo na Cinesytem

Quinta do Beijo na Cinesytem

13 de março de 2017

InBetta inicia construção de complexo industrial em Paulista


Foi dada a largada para a construção do novo complexo industrial da InBetta em Paulista, na Região Metropolitana. Nesta segunda-feira (13.03), o prefeito Junior Matuto, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e representantes da empresa participaram da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da obra, no Parque Industrial, em Maranguape II. Com investimento de R$ 100 milhões, a fábrica do Rio Grande do Sul começa a operar em dezembro deste ano, produzindo bens de consumo, higiene, material de limpeza doméstica e industrial, ferramentas e utensílios

A nova unidade da InBetta vai gerar 300 empregos diretos - dando prioridade à mão de obra local. O recrutamento dos novos funcionários terá início no mês de julho. “Em parceria com a prefeitura, vamos fazer um processo de seleção para os postos de trabalho que serão abertos com o início da operação. Do total das vagas, 55% serão ocupadas por mulheres, enquanto os demais 45% por homens”, frisou o diretor-presidente do grupo InBetta, Eduardo Bettanin, quando mencionou a política de contratação dos funcionários.

Em seu discurso, durante o evento, o prefeito Junior Matuto destacou que a fábrica vai trazer emprego e renda para o município. “Graças à sensibilidade do nosso governador Paulo Câmara, Paulista está indo na contramão da crise. Aqui vai se instalar um complexo com seis importantes empresas do grupo InBetta. Isso é extremamente importante para a nossa cidade e nossa gente”, revelou. O gestor, inclusive, explicou que vai aguardar a empresa enviar o perfil exigido para ocupar os novos postos de trabalho para viabilizar capacitações, garantindo que a população local dispute as oportunidades em pé de igualdade.

Essa será a primeira indústria da InBetta com toda sua linha de produção fora do Rio Grande do Sul. O projeto, que conta com o financiamento do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), é considerado como o maior já aprovado pela instituição. Será uma fábrica inovadora, que funcionará com um sistema de distribuição integrada, acelerando a chegada dos produtos nos pontos de venda.

A instalação da indústria em Paulista será dividida em três fases. A primeira delas vai ocupar uma área de 33 mil m². A expectativa é de que a unidade tenha capacidade de produzir para outras regiões. “Com a chegada da indústria em Paulista, a unidade de Pernambuco vai se tornar referência para o Norte – Nordeste, gerando emprego e renda para a população. É um empreendimento importante, num momento importante, que inicia um novo ciclo de investimentos no nosso Estado”, destacou o governador de PE, Paulo Câmara. 

O grupo InBetta é formado pelas empresas Bettanin, Atlas, Sanremo, Primafer, Ordene e SuperPro. São classificados da seguinte forma: Materiais de Construção: Atlas e Primafer; produtos e utensílios de limpeza de uso profissional: Super Pro; utensílios de Limpeza: Bettanin, Sanremo e Ordene.

O grupo, que possui 70 anos no mercado, tem um portfólio de mais de 4.500 itens e produção de 50 milhões de unidades/mês, vendidos a mais de 50 países, principalmente da América Latina. Seu parque fabril gaúcho tem 100 mil metros quadrados de área coberta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário