.

.

7 de abril de 2017

Ação do governo pela paz é reconhecida pelo presidente da Câmara Fábio Barros

O presidente da Câmara dos Vereadores do Paulista, Fábio Barros, participou na manhã dessa sexta-feira (7), do Seminário Propaz nas Escolas - Semeando a Cultura de Paz, no auditório do Senac. Com alunos de 13 escolas do município, ele reconheceu a ação do Governo Municipal e se colocou à disposição da Secretaria de Educação do município para a formação dos professores. 


O vereador foi aplaudido quando disse que o professor é o principal agente do processo de transformação da cultura no espaço escolar. "Oito em cada 10 casos de violência contra a criança e adolescente ocorrem dentro de casa, violência doméstica. Sou especialista em Violência contra a Criança e Adolescente pela Universidade de São Paulo (USP) e fico disposto a ajudar na formação dos docentes, sem nenhum custo”, afirmou Barros. Os veradores Eudes Farias, Antônio Val Passos (Tonico) também estiveram presentes; além de contar com o capitão do 17º do Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco (17º BPM) CAP Manassés. 

O secretário de Educação Carlos Júnior destacou a importância Propaz e da iniciativa do vereador Edson Araújo (Edinho), que tem Projeto de Lei (PL) que incentiva ações de paz nas escolas. Para o secretário a onda de violência é um grande problema nas escolas e o projeto vem com a proposta de discutir a paz. “Não vejo outro caminho a ser a educação de uma nova cultura para mudar este cenário", comentou.

O vereador Barros destacou que as pessoas precisam estudar a paz. "Sei de cór as guerras contemporâneas, Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra, a Guerra do Vitnã, Coréia, a Guerra Fria, a violência em todos os nossos 500 anos, desde a chegada dos portugueses que não compreenderam os índios e os massacraram", contou.

Segundo o parlamentar, Fábio Barros, as escolas nos ensinam sobre guerra, mas é necessário estudar sobre a cultura de paz. "Se eu pergunto às crianças e os adolescentes quem foi Dom Helder Câmara, Albert Einstein, Gandhi, Irmã Dulce, Chico Xavier, eles na grande maioria não vão saber responder?", finalizou.

Participaram as escolas Conceição da Paz, Maria Luzia, Gelda Amorim, Terezinha Camarotti, Firmino da Veiga, Cômega Costa, Ministro Marcos Freire, Rosa Amélia, Irmã Assunta, Governador Carlos Wilson, Miguel Arraes, Suzi Régis, Aldo Pinho Alves, acompanhados da coordenadora do Propaz, Ana Galvão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário