.

.

Cinesytem

23 de maio de 2017

Junior Matuto fiscaliza a Ponte do Janga e afirma que está confiante no repasse dos recursos para concluir a obra

O prefeito Junior Matuto esteve na manhã desta terça-feira (23.05), na Ponte do Janga, em visita técnica, para acompanhar de perto o andamento da obra de duplicação e constatou a necessidade de dar celeridade aos trabalhos para cumprir o prazo previsto depois da repactuação de novas datas, alteradas por conta de alguns imprevistos de tempo e de repasse de recursos pelo Governo do Estado.


A Ponte do Janga é a última etapa da obra de duplicação da Avenida Cláudio Gueiros Leite, conhecida como PE-01, que corta toda a orla do Paulista, e que ainda em andamento já está garantindo maior fluidez do trânsito entre Paulista e Olinda. Para a obra avançar no lado de Olinda e evitar um gargalo naquela cidade, foi firmado um convênio de cooperação técnica para uma obra complementar ligando os dois municípios.

O convênio foi pactuado na sala do governador Paulo Câmara, que na oportunidade também assinou com Junior Matuto, um aditivo do contrato que deu inicio à obra de duplicação na Av. Cláudio Gueiros Leite. Este aditivo garantiu um aporte de mais R$1,7 milhão, aumentando a metafísica do projeto inicial firmado em 2015 entre Prefeitura do Paulista e Governo do Estado.

Junior Matuto está regularmente acompanhando esse serviço, que é um dos mais emblemáticos de seu governo, na expectativa de avançar com a obra para garantir o prazo de entrega, cujo ritmo depende do repasse de recursos. “Somos cobrados pela população quase que diariamente. Mas, nem tudo, depende só do município. Hoje, nossa dificuldade de tocar a obra é financeira, mas estamos confiantes na sensibilidade do governador”, adiantou o prefeito. 

A DUPLICAÇÃO – Cerca de 50 mil veículos trafegam pela PE-01, sendo que nos finais de semana e feriados o fluxo fica ainda maior, chegando aos 70 mil carros, por causa do acesso às praias da cidade. As obras de duplicação da Av. Cláudio Gueiros Leite e da Ponte do Janga é resultado de um convênio com a Secretaria Estadual das Cidades, compreendendo a construção de uma nova ponte; a restauração da já existente; o alargamento das faixas de rolamento (duplicação) ao longo de 4,5 km da rodovia; a restauração da malha viária, além da instalação de sinalização e o remanejamento de rede elétrica.

A intervenção viária já está em fase de conclusão e contempla os moradores de vários bairros ligados à rodovia, como Maria Farinha, Pau Amarelo, Loteamento Conceição, além do Janga – bairro mais populoso da cidade. A PE-01 e a Ponte do Janga foram construídas em 1974, quando a população do Paulista era de 70 mil habitantes. Hoje, com mais de 320 mil pessoas, o município aguardava pela obra, que foi elencada como meta prioritária pela gestão municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário