.

.

Cinesytem

3 de maio de 2017

Maio Amarelo é aberto com palestra do jornalista Caco Barcellos

“Trabalhar a educação com todos os públicos, começando desde as crianças que são os condutores do amanhã, é sem dúvida o caminho para a redução de acidentes no trânsito. Cumprindo a determinação do governador Paulo Câmara o DETRAN-PE vem ampliando as ações preventivas e educativas, onde já conseguimos ano a ano uma diminuição dos acidentes em nosso estado”. Com essas palavras o diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco, acompanhado do secretário das Cidades, Francisco Papaléo, abriu o movimento Maio Amarelo 2017, que tem a temática “Minha Escolha faz a Diferença no Trânsito”.


A solenidade aconteceu na noite desta última terça-feira, 2, no auditório no Bloco B da Uninassau, parceira da ação, onde aconteceu ainda uma palestra com o tema “Ética no Trânsito, Sociedade Brasileira e Conflitos de Trânsito”, ministrada pelo jornalista Caco Barcellos. Na ocasião, ele apresentou vídeos de reportagens retratando a realidade de acidentes no Brasil, em especial os com motos e com motoristas alcoolizados, que diariamente fazem novas vítimas nas estradas.

Barcellos defendeu o trabalho preventivo como solução para resolver os problemas do Brasil, entre eles os acidentes de trânsito, inclusive, destacou as Operações Lei Seca como uma grande aliada na redução de acidentes. “O uso de cinto de segurança foi por meio de uma campanha educativa e todos passaram a adotar e a minha esperança é que o consumo de álcool também se elimine a partir dessas campanhas”, ressaltou.

Caco disse ainda acreditar que educar as crianças também é uma ação importante a ser tomada. “Dessa forma estaremos na base, ensinando as noções de cidadania e de responsabilidade sobre os atos”, declarou. Sobre o papel de cada um na sociedade ele ainda mais enfático. “Cobrar das autoridades é muito simplório e pouco inteligente. Hoje em dia, isso depende de cada um e não só da autoridade”, defendeu. Barcelos declarou ainda que o “Maio Amarelo é uma bela iniciativa, por ser preventiva e educativa”.

Aberto o Maio Amarelo 2017, até o final deste mês a Coordenação de Educação para o Trânsito do DETRAN-PE promove ações para estimular os cidadãos a refletir sobre as responsabilidades e os riscos ao transitar por vias urbanas, seja como motorista, pedestre, ciclista e motociclista. Dentre as ações acontecem distribuição de cartazes e panfletos com dicas de segurança, bandeiras e cabides para carro, praguinhas, bafômetros descartáveis, laços de fitilho amarelo, laços de bicicleta, balões de gás hélio lixeira para veículos e cancela para pedágios.

Entre as atividades estão a realização de blitz’s educativas, apresentações teatrais nas escolas, visitas nas vagas prioritárias de shoppings, ações educativas nos postos de gasolinas e bares, palestras, etc. São parceiros do evento empresas públicas e privadas, principais setores que compõem a estrutura de trânsito e transportes do Estado, as Secretarias das Cidades, Saúde e Educação, concessionárias de rodovias, montadoras de veículos Rotary Clube, Federação de Seguros, entidades credenciadas para educação de trânsito, instituições de ensino superior, além das entidades técnicas especializadas em trânsito e segurança.

A cerimonia de abertura contou também com a presença do vice-reitor da Uninassau, Antônio Neto, o deputado estadual, Eduíno Brito, na ocasião representando a Assembleia Legislativa de Pernambuco, o diretor da Federação Nacional dos Corretores de Seguros – Fenacor, Carlos Vale, a presidente do Conselho Estadual de Trânsito – CETRAN, Simíramis Queiroz, o comandando do 1º Batalhão de Polícia de Trânsito, BPtran, Tenente Coronel Raul e a coordenadora de Educação para do Trânsito do DETRAN-PE, Luciana Carvalho. 

Exposição
No local da abertura foram expostos veículos acidentados com mensagens preventivas e também disponibilizado uma calçada itinerante, onde as pessoas puderam vivenciar na prática as dificuldades enfrentadas pelos deficientes.

Por que Maio Amarelo?
A cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. Já o mês foi escolhido por ter uma ligação com a história de segurança no trânsito, uma vez que foi em maio de 2011 que a ONU decretou a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. A meta é reduzir acidentes de trânsito em todo o mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário