.

.

4 de maio de 2017

Parceria com o FIDA avança com aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional

Financiamento no valor de US$ 40 milhões vai assegurar projetos de combate à pobreza rural e de fomento à produção de alimentos nas zonas da Mata e Agreste do Estado

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, recebeu o diretor de programas do FIDA - Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola para o Brasil, Paolo Silveri, e o oficial de programas Hardy Vieira, nesta quinta-feira (04/05), quando foi assinado o modelo final do projeto para o desenvolvimento sustentável dos territórios da Zona da Mata e Agreste, que visa o fortalecimento da agricultura familiar através do combate à pobreza rural e a produção de alimentos.

A assinatura da matriz operativa aconteceu após a aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), por meio da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), ligada ao Ministério de Planejamento. Agora, a expectativa é assinar o acordo de financiamento de US$ 40 milhões em novembro de 2017, em Roma, na Itália, junto ao governador Paulo Câmara, na sede do FIDA, instituição ligada à Organização das Nações Unidas (ONU).

“De todos os projetos submetidos à aprovação do Cofiex, na última reunião, apenas seis foram aprovados, entre eles o de Pernambuco, que vai beneficiar 35 mil famílias de agricultores rurais da Zona da Mata e Agreste. Isto é resultado do empenho do governador Paulo Câmara e na celeridade em todas as etapas do processo”, pontuou o secretário Nilton Mota, acrescentando que "esse é o primeiro projeto do FIDA que atua em regiões que não integram o semiárido, demonstrando o potencial produtivo das duas regiões”.

O período de execução será de sete anos, a partir da data de entrada em vigor do acordo de financiamento com o FIDA. O projeto prevê a implantação de ações de caráter organizacional, assistência técnica e/ou investimentos produtivos. Terão prioridade mulheres, jovens, comunidades tradicionais e famílias assentadas da reforma agrária.

Além da representação do FIDA, participaram da reunião o secretário executivo de agricultura familiar (Seaf), José Cláudio, e equipe gerencial da Seaf. O projeto será coordenado pelo próprio secretário de Agricultura e Reforma Agrária do Estado, Nilton Mota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário