.

.

Cinesytem

28 de junho de 2017

Alunos do Paulista premiados no concurso Águas no Meu Caminho

Dentro das comemorações do 05 de junho, que mundialmente é celebrado o Dia do Meio Ambiente, Paulista emplacou oito escolas para a final do concurso “Águas em Meu Caminho – Ano III”, realizado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). A final da competição aconteceu na manhã desta terça-feira (27.06), no auditório da Faculdade Integrada de Pernambuco (Facipe), na Boa Vista, no Recife. Ao todo, 480 trabalhos concorreram nas modalidades de redação e desenho, nas categorias: I – 6º e 7º anos; II - 8º e 9º anos e III – 1º ao 3º ano do Ensino Médio. 

Dentre os estudantes da rede de ensino do Paulista premiados no certame, estava a estudante Ana Lavínia dos Santos Marinho, de 13 anos, que ficou em segundo lugar na categoria desenho. “Se não fosse a água não haveria nem plantas, nem flores e o mundo não teria essa coloração que o nosso mundo tem. Então, eu acho importante para conscientizar as pessoas sobre a natureza, sobre o que estão fazendo com o planeta”, disse a jovem.

Outro contemplado da rede municipal foi o estudante Everton William Vieira da Silva, de 12 anos, que também venceu na categoria de desenho. “Eu fiz dois jovens apontando para a poluição. Já que nós somos jovens, o futuro de nossa nação, podemos pensar e agir, criar grupos, para ajudar o Brasil e o mundo a acabar com a poluição”, disse Everton.

De acordo com o secretário de Educação do Paulista Carlos Junior, as escolas municipais entre as finalistas foram: Brigadeiro Aldo pinho Alves, Henz Hering, Rosa Amélia, Maria Luzia, Mumbeca I, Cônego da Costa Carvalho, Firmino da Veiga, e Terezinha Camarote. Destas unidades escolares, 420 alunos concorreram ao prêmio.

Carlos Junior destacou a importância de se trabalhar esse tema com os estudantes de Pernambuco, principalmente os de Paulista, representados pelos finalistas. “É importante para nossa cidade, porque uma atividade como essa vai aprofundar e colocar os nossos alunos com a consciência da responsabilidade com o meio ambiente e da responsabilidade sustentável, formando cidadãos para o futuro com essa consciência, e que aí nós vamos tentar minimizar através da educação, que a educação é um forte instrumento de transformação da vida das pessoas”, ressaltou Carlos Junior.

Segundo a Semas, o objetivo é despertar a atenção de alunos, pais e professores em relação à necessidade da conservação, do uso racional e do combate ao desperdício da água, de forma lúdica e divertida. De acordo com o diretor de Desenvolvimento Sustentável da Semas, Paulo Teixeira, o Governo de Pernambuco vê grande relevância nesse concurso, porque leva aos alunos a consciência ambiental. “Hoje, nós temos um grande analfabetismo ambiental, não só em nosso estado como em nosso país. Desenvolvendo nos alunos o interesse, a perspicácia de todos os alunos, como nós vimos hoje na entrega desses prêmios, para que eles sejam multiplicadores, replicadores de uma consciência ambiental”, ressaltou o representante do órgão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário