.

.

14 de junho de 2017

Dois PMs são baleados durante investigação

Dois policiais militares foram baleados no início da tarde desta quarta-feira (14), enquanto procuravam suspeitos para cumprir um mandado de prisão, na rua Golfinho, em Ouro Preto, Olinda, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a PM, os policiais foram recebidos à bala quando entravam em uma residência. Os três suspeitos conseguiram fugir no momento da ação. 

"Os policiais tinham informações que os procurados estavam na residência. Eles iam checar para só então cumprir o mandado, mas foram baleados logo na entrada do imóvel", relata o major Flávio Franco, comandante da Rádio Patrulha. "Os suspeitos são conhecidos da área por praticar vários delitos, como assaltos e homicídios, inclusive um deles saiu do presídio e quebrou a tornozeleira eletrônica para cometer mais delitos", conta.

Ao todo, quatro policiais participaram da ação: dois permaneceram na retaguarda do lado de fora e os outros dois entraram na casa. A polícia ainda não tem informações dos suspeitos, mas equipes realizam buscas na área.

Além dos suspeitos, três mulheres e duas crianças, de 7 e 8 anos, estavam na casa. As mulheres foram conduzidas para a delegacia de Peixinhos, que fará as investigações. Uma delas contou usar drogas com um dos suspeitos.

Foram encontrados na residência um veículo, modelo Fox prateado, roubado, uma moto também roubada, uma pistola 380 e uma tornozeleira eletrônica.

Estado de saúde
Os dois policiais feridos foram socorridos. O cabo Isaldo Ferreira da Silva seguiu para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, onde passa por cirurgia. Após a troca de tiros ela conseguiu sair do local.

Já o sargento Ricardo Sales dos Santos foi baleado no rosto e seguiu para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, no Recife, em estado grave. O comando da Polícia Militar de Pernambuco confirmou que o sargento teve morte cerebral diagnosticada às 17h40. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário