.

.

26 de setembro de 2017

Corrupção e bullying são temas de palestra para estudantes da rede de ensino do Paulista

Ao som do hino do Paulista, orquestrado pela Banda Marcial da Escola José Firmino da Veiga, teve início nesta terça-feira (26.09) mais um evento do projeto “Abraçando a Escola”. O encontro, que foi realizado no Cine Teatro Paulo Freire, Centro da cidade, trouxe música e aprendizado aos alunos da rede. A corrupção e o bullying foram os temas abordados na ocasião. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Educação do Paulista e o Ministério Público.


A estudante Emmanuele Augusto, 12 anos de idade, revelou que a palestra vai ajudar muito no aprendizado e comportamento dos estudantes perante a sociedade. “Essa ideia de trazer para as escolas, temas polêmicos e que merecem discussão, é de tamanha importância. Tudo isso vai acrescentar muito na nossa formação e nos ajudar a ter uma visão mais madura sobre a vida”, completou.

“Nosso objetivo é falar sobre temas que não são muito discutidos no ambiente escolar, como machismo, homofobia, preconceito, entre outros. O trabalho é voltado principalmente para os direitos humanos e dos cidadãos, tudo baseado nas conquistas alcançadas até hoje. Queremos trazer tudo isso para as escolas de maneira lúdica e reflexiva”, explicou o coordenador do Ensino Fundamental, Inaldo Ferreira. 

De acordo com o promotor de justiça, Aguinaldo Fenelon, que ministrou a palestra na solenidade, o intuito do projeto Abraçando a Escola é também orientar o aluno sobre os seus direitos e deveres na sociedade. “Nosso papel é contribuir para a formação de cidadãos de bem, e isso tem que começar cedo, durante a infância e adolescência. Através desses encontros vamos mostrar aos adolescentes como manter os princípios, de maneira íntegra e sensata, diante de situações que exigem calma e respeito ”,ressaltou. 

Também participaram do evento, a coordenadora de Projetos Multidisciplinares da Secretaria de Educação do Paulista, Glauber Giane, a gerente de Programas e Projetos do Paulista, Luzanira Carvalho, o promotor do Ministério Público de Pernambuco, Marcos Aurélio e o secretário geral do Ministério Público do estado, Augusto Bezerra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário