.

.

1 de setembro de 2017

De olho na redução de acidentes, agentes vão usar câmeras para monitorar trânsito no Paulista

Só no mês de julho, aconteceram mais de 100 acidentes de trânsito no Paulista. 83 registrados pelo Serviço Móvel de Urgência (SAMU) e 13 pelo aplicativo Paulista Conectado. As câmeras de videomonitoramento que já são utilizadas pelo Centro Integrado de Segurança (CIS) serão usadas a partir desta sexta-feira (01.09) para coibir infrações de trânsito e também prevenir acidentes. Os agentes de trânsito foram, a princípio, sete dos 16 equipamentos existentes nas vias para flagrar os condutores que cometerem infrações, a exemplo de estacionamento irregular; conversão em local proibido; fila dupla; motociclistas sem capacete ou realizando manobras perigosas.

Segundo o Secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil, Manoel Alencar, esta iniciativa tem por objetivo reduzir o número de acidentes e ordenar o trânsito. “O prefeito Junior Matuto tem como preocupação garantir mobilidade urbana, mas com um transito voltado prioritariamente para o pedestre, nas ruas e avenidas da cidade”, adiantou Alencar.

Os locais onde estão instaladas as câmeras de videomonitoramento foram sinalizados para facilitar a identificação dos condutores. Placas com a mensagem “fiscalização de trânsito por videomonitoramento” estão em seis equipamentos no Centro e um no bairro de Paratibe. Apesar do auxílio da tecnologia, o trabalho dos agentes de trânsito nas ruas da cidade continua normalmente. Atualmente, o município conta com um efetivo de 80 profissionais.

Nesses primeiros 15 dias de setembro, as câmeras não serão usadas pelos agentes de trânsito para autuar os condutores infratores. Esse período será destinado ao trabalho educativo e, consequentemente, ao processo de adaptação da população, como detalhou o diretor de Trânsito, Renato Cândido. “É bom lembrar que a fiscalização através das câmeras está permitida desde 2015, como prevê a resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Em Paulista, o videomonitoramento começa nesta sexta (01) e até o dia 15 de setembro, faremos apenas ações educativas, nenhum infrator será penalizado. Agora, a partir do dia 16 deste mês, vamos começar a punir os motoristas que não respeitam nem o trânsito nem o pedestre”.

O secretário municipal de Mobilidade e Administração das Regionais, José Rodrigues, explicou que a utilização das câmeras vai ajudar a melhorar o trânsito em vias estratégicas da cidade. “Queremos deixar bem claro que o nosso objetivo é garantir mais mobilidade urbana e segurança aos condutores que trafegam pelas vias do município, afinal, coibindo as infrações é possível evitar acidentes, que resultam em mortes, e ainda atrapalham o fluxo dos veículos nas vias”, revelou o gestor.

Confira os pontos que serão fiscalizados por videomonitoramento em Paulista:

Centro do Paulista

1 – Avenida Marechal Floriano Peixoto, em frente à Prefeitura do Paulista;

2 – Bifurcação entre as ruas Floriano Peixoto e Getúlio Vargas, em frente à Esposende;

3 – Rua Siqueira Campos (via do comércio), no cruzamento da Rua Pompeu José da Silva;

4 – Rua Siqueira Campos, no cruzamento com a Rua Coronel Alberto Lundgren (antiga Rua do Abacaxi);

5 – Rua Francisco Santiago da Costa, próximo ao Banco do Brasil;

6 – Rua Francisco Santiago da Costa, em frente à Agência do Trabalho;

Paratibe

7 – Avenida Lindolfo Collor, em frente à Praça da Liberdade, no acesso ao Mercado Público do bairro

Nenhum comentário:

Postar um comentário