.

.

11 de outubro de 2017

Prefeitura do Paulista participa do II Fórum Regional de Prevenção Social

Elaborado para possibilitar uma troca de ideias e experiências de combate à violência na esfera municipal, o Fórum Regional de Prevenção Social teve sua segunda edição realizada na manhã desta terça-feira (10.10), no auditório da Faculdade de Olinda (FOCCA), e contou com a participação de representantes dos sete municípios envolvidos. Paulista, Olinda, Abreu e Lima, Igarassu, Itamaracá, Araçoiaba, e Itapissuma.

O encontro durou cerca de cinco horas, tempo utilizado pelos gestores para tratar de ações e iniciativas de prevenção e combate à criminalidade na região Norte do Grande Recife. No decorrer da reunião, um espaço foi aberto para que as cidades apresentassem práticas bem sucedidas de prevenção social, deixando o caminho aberto para que sejam adotadas em outras regiões.

O município do Paulista teve como representante, o Secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil, Manoel Alencar, que apresentou ao público, o aplicativo “Paulista Conectada”, criado para viabilizar maior interação entre a população e a gestão. Alencar afirmou que a segurança pública é responsabilidade de todos, frisando a importância da colaboração popular para a execução de um bom serviço. “Criamos esse aplicativo porque entendemos que a segurança pública também é responsabilidade da sociedade, o app tem a missão de proporcionar uma participação ativa da população na segurança do nosso município”, afirmou.

Outro tópico abordado foi a fundação do 26º BPM, que ficaria localizado na cidade de Itapissuma. Caso seja criado, esse batalhão atenderá cinco municípios da região, Abreu e Lima, Igarassu, Araçoiaba, Itapissuma e Itamaracá. Desta maneira, o 17º BPM atuaria de forma exclusiva ao município do Paulista.

Também estavam presentes na reunião, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), Roberto Franca, o secretário executivo de Políticas para o Desenvolvimento Social e presidente do FRPS, Yves Ribeiro, e o prefeito de Olinda, professor Lupércio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário