.

.

16 de outubro de 2017

Reforma trabalhista é tema de curso na FIEPE

O objetivo da capacitação é apresentar todas as mudanças na legislação e suas aplicabilidades no mercado.


A poucos dias para as novas normas trabalhistas começar a valer, a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) realiza oficina ‘entendendo a reforma trabalhista’, proposta pelo Governo Federal. Em sua quarta turma, o curso vai acontecer no dia 7 de novembro deste ano e será ministrado pelo especialista em auditoria contábil Edson Lins Cavalcante.

Na visão do especialista, assim como a Reforma da Previdência, a trabalhista é defendida como uma prioridade para colocar as contas públicas em ordem, estimular a economia, aumentar a competitividade das empresas e gerar empregos. Estudo do Santander aponta que a reforma pode gerar 2,3 milhões de empregos no País.

Isso porque, com a sanção do projeto que propõe flexibilizar as normas, o que antes estava à margem da informalidade, passa a ser protegido pela legislação. Hora de descanso, trabalho intermitente e fracionamento das férias são alguns dos pontos que foram adaptados à realidade do mercado atual e são vistos como gatilhos fundamentais para a recuperar os postos de trabalho. Atualmente, o desemprego atinge pouco mais de 13 milhões de pessoas no País.

Com carga horária de oito horas, o curso acontece no auditório do 1º andar da FIEPE, das 8h as 17h, com 15 minutos de intervalo entre os períodos da manhã e da tarde. As inscrições podem ser feitas pelo site www1.fiepe.org.br. Edson Lins Cavalcante possui graduação em Ciências Contábeis, especializações em auditoria contábil e fiscal pelo IESP Faculdades e MBA em gestão de pessoas pela FECAP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário