.

.

7 de novembro de 2017

Apresentações de teatro, dança e música abrilhantam encontro do Programa Saúde na Escola do Paulista

Os estudantes assistidos pelo Programa Saúde na Escola (PSE) participaram nesta terça-feira (07.11) de um evento na Faculdade Joaquim Nabuco, no Centro do Paulista. Na ocasião, as crianças e adolescentes apresentaram números teatro, dança e música para falar sobre os temas de saúde trabalhados pela equipe do programa em sala de aula. O PSE investe na promoção da saúde no ambiente escolar e aposta nos alunos como multiplicadores desses conceitos na comunidade.

Ao todo, 21 escolas participaram do encontro, no anexo C da faculdade, mostrando um pouco dos conceitos e aprendizados obtidos com o programa. Os temas apresentados no evento foram os mais variados, como importância da vacinação; combate à Hanseníase, Tuberculose, Sarampo; alimentação saudável e até prevenção à violência. Cada estudante recebeu uma medalha pelo envolvimento na atividade.

Presente ao evento, o secretário municipal de Educação, Carlos Ribeiro Jr, frisou que o PSE é muito importante para o desenvolvimento da educação no município. “Quando o aluno está com o corpo e a mente 100% ele vai aumentar o nível de conhecimento e isso vai melhorar os indicadores da educação na rede. O PSE faz isso acontecer. Outra coisa que tem nos ajudado é o programa Olhar Paulista, que faz parte do programa, mas que além da consulta oftalmológica tem garantido os óculos aos estudantes”, destacou.

A secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart, comentou que o programa tem obtido um resultado muito significativo porque trabalha em várias frentes. “São ações voltadas à alimentação e nutrição, prevenção à cárie, correção de distúrbios na visão, além do trabalho educativo com os estudantes e professores. O programa supera o conceito de saúde como antônimo de doença porque vai mais para a questão da saúde como prevenção e isso tudo dentro do ambiente escolar”, disse.

DIFERENCIAL – Paulista é uma das poucas cidades de Pernambuco que contam com o trabalho dos Agentes de Saúde Escolar. Os profissionais são responsáveis por ser o elo entre a unidade de ensino e o posto de saúde da localidade, tornando as ações do PSE ainda mais eficazes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário