.

.

6 de novembro de 2017

Em Igarassu, Paulo Câmara reforça turismo e cultura com as requalificações da Casa do Artesão e do Museu Histórico

Visando intensificar o apoio aos artistas do Estado e resguardar e propagar a cultura do povo pernambucano, o governador Paulo Câmara entregou à população, durante solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (06.11), a Casa do Artesão e o Museu Histórico de Igarassu - dois importantes equipamentos de Turismo que foram requalificados para o fortalecimento do turismo e economia do Litoral Norte do Estado. Com investimentos na ordem de R$ 1,8 milhão, os dois espaços foram modernizados com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e irão proporcionar uma nova experiência aos visitantes que desejam conhecer a história da região, que é uma das mais antigas do Brasil. Paulo aproveitou a oportunidade para ressaltar que as parcerias promovidas com o município proporcionam uma melhora no turismo e na qualidade de vida da população.

"Inauguramos hoje a Casa do Artesão, o Museu Histórico de Igarassu e em breve estarei voltando aqui para dar a ordem de serviço do embutimento da iluminação do Sítio Histórico, que é fundamental e faz parte de uma parceria com os municípios, que irá melhorar a iluminação e vai dar condições cada vez melhores e um turismo mais presente para a região. Tenho muita satisfação de estar aqui inaugurando esses equipamentos que todos nós sabemos que são de suma importância para a preservação do patrimônio cultural do nosso Estado. Muita coisa está sendo entregue, é só ver o que entregamos lá em Tamandaré (Forte Santo Inácio de Loyola, recentemente inaugurado após requalificação), hoje esses dois equipamentos, e em breve vamos entregar o Forte de Orange (em Itamaracá) e outras obras que vão continuar a acontecer para valorizar o turismo, a cultura e o patrimônio histórico", frisou. 

Paulo Câmara destacou ainda o espírito da população da região beneficiada pelas entregas nesta segunda-feira. "Tenho um carinho muito especial pelo Litoral Norte, por todas as suas belezas e pelo que ele representa de cultura e de história, com um povo guerreiro e trabalhador. Pessoas que querem realmente avançar e melhorar Pernambuco. Muito temos que fazer e sabemos que o momento é difícil, mas sabemos também que com trabalho, unidade e perseverança nós iremos ultrapassar qualquer dificuldade e avançar", assegurou o governador, que estava acompanhando pelos secretários estaduais Iran Costa (Saúde), Kaio Maniçoba (Habitação) e Felipe Carreras (Turismo, Esportes e Lazer); o deputado estadual Isaltino Nascimento; Alberto Feitosa (secretário de Saneamento do Recife); Isabel Cristina Leite (presidente da Associação Cultural dos Artesãos de Igarassu), Adaílma (presidente da Associação das Mulheres Criativas); os prefeitos municipais Joamy (Araçoiaba), Mosart Tato (Ilha de Itamaracá).

A Casa do Artesão é um espaço onde os artistas locais promovem a sustentabilidade da arte. O reforço e qualificação do local visa oferecer uma melhor infraestrutura turística no Sítio Histórico de Igarassu, tornando o local um espaço mais atrativo e um ponto de visitação na localidade. O projeto para o imóvel onde funciona a Casa do Artesão, localizado no centro histórico da cidade de Igarassu, entregou a sua requalificação completa, passando a abrigar, também, um aparelhamento que busca dinamizar o fluxo turístico e, consequentemente, a oferta de trabalho e renda da região. A nova Casa do Artesão contemplará espaços de exposição e venda de artesanato local, que receberá peças de 70 artesãos e 4 mestres; a Associação Cultural dos Artesãos de Igarassu (ACAI); Centro de Atendimento ao Turista; salas para realização de oficinas e cursos; salas para curadorias e reuniões e sala de depósito das peças a serem comercializadas. As obras incluíram, além da reforma do antigo local, a construção de um novo prédio com salas de exposição, paisagismo e área de lazer e instalação de um circuito de câmeras de monitoramento.

Já a requalificação do Museu Histórico de Igarassu tem como principal objetivo oferecer ao visitante uma experiência mais dinâmica, confortável e educativa, fornecendo informações necessárias à imersão do turista no contexto histórico de Igarassu. A restauração do equipamento com mais de 63 anos preservou a sua arquitetura histórica e contribuiu para a salvaguarda do sítio tombado de Igarassu. As obras incluíram Instalação da coberta, instalações elétricas e hidrossanitárias, piso, banheiros, elevador e corrimãos de acessibilidade, e paisagismo. No novo espaço, os visitantes terão acesso a um espaço multiuso que poderá ser utilizando como auditório e sala de exposição. Visitas guiadas serão promovidas pelo museu, além exposições e palestras que buscarão inserir o visitante na história do município, despertando o interesse na preservação do patrimônio local.

O secretário de Esportes, Turismo e Lazer, Felipe Carreras, destacou o investimento feito pelo Governo de Pernambuco com objetivo de preservar importantes detalhes da cultura do Estado. “Essas ações mostram a preocupação do Governo de Pernambuco e do governador Paulo Câmara em preservar a nossa história e a nossa identidade cultural. O Governo Paulo Câmara requalificou completamente a Casa do Artesão, mostrando a importância do setor produtivo e da cadeia produtiva do artesanato e também o Museu Histórico de Igarassu, que foi completamente requalificado e está pronto para receber os visitantes que desejam conhecer a história do município. Essa são apenas algumas das muitas obras que dialogam com a preservação da nossa história. O ritmo acelerado é muito mais do que se imagina que o governo tem feito pela preservação de sua história, cultura e turismo de Pernambuco”, destacou.

O prefeito do município de Igarassu, Mário Ricardo, pontuou que para conseguir realizar obras nos dias de hoje, em um período de extrema escassez, a gestão pública precisa aliar competência, seriedade, disposição e muito trabalho. "Essas ações de hoje são medidas que visam levar Igarassu ao futuro e estão dentro do nosso planejamento, seja na parte do turismo ou em outras áreas. As parcerias são imprescindíveis, isso representa o alinhamento das forças que compreendem a importância e a história do município de Igarassu para que a gente avance cada vez mais", finalizou.

MUSEU - Fundado em 24 de janeiro de 1954, o Museu Histórico de Igarassu foi fundado pelo Dr. José Eduardo da Silva Brito, então presidente do Instituto Histórico de Igarassu. Em 1972, não tendo como manter o acervo, o instituto, através de convênio, repassou para Prefeitura Municipal do município a administração do equipamento que, atualmente, ocupa três casas do século XVIII. Seu acervo é composto por 250 peças, possuindo também um departamento de pesquisa histórica, responsável pela guarda de importantes documentos da história da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário