.

.

30 de novembro de 2017

Hemope solicita comparecimento dos seus doadores para reforçar estoque de sangue

É preocupante o estoque de sangue da Fundação Hemope. Desde a presente data (29 de novembro), o número de doações vem decaindo de forma expressiva. Atualmente o estoque de bolsas de sangue do Hemope está crítico principalmente nos tipos sanguíneos A+, B+, O- e AB+, e os outros, estão em estado de alerta. O Hemope necessita de pelo menos 300 doações diárias para poder corresponder, ainda com algumas precauções, as necessidades da demanda hospitalar.


Por essa razão significativa e solidária para com aqueles que estão precisando de sangue, a Instituição solicita o apoio dos seus doadores e da população em geral para superar essa fase doando sangue com a maior brevidade possível.

A diretora de Hemoterapia, Anna Fausta, afirmou que, infelizmente, a campanha, da Semana do Doador, que combinou com os 40 anos da instituição, que foi do dia 20 a25 de novembro para manter o estoque, não surtiu o efeito esperado. “Por isso a nossa preocupação de atender devidamente os hospitais, uma vez que precisamos de uma média diária de 300 doações. E isso, infelizmente, não estamos conseguindo alcançar.” Segundo a diretora, a esperança é que os doadores ajudem a repor esse estoque para o Hemope continuar cumprindo a missão de salvar vidas. “Nada fazemos sozinhos sem que todos estejam unidos e prontos para oferecer o seu sangue e a sua solidariedade em prol de todos aqueles que estão precisando”, lembrou Anna Fausta.

Como doar

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade.

É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto. São exemplos: identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho. Crachás não são aceitos. Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses, para homens, e quatro meses, para mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário