.

.

27 de dezembro de 2017

Orla do Janga passa por vistoria para a festa de Réveillon

Palco da festa da virada do município, a Orla do Janga passou por uma vistoria nesta terça-feira (26.12). Gestores da prefeitura e do comando do 17° Batalhão da Polícia Militar estiveram juntos no local do evento para discutir detalhes sobre o esquema de segurança e organização do Réveillon. A expectativa é de que mais de 80 homens atuem no perímetro da festa, garantindo tranquilidade para quem pretende celebrar a chegada de 2018 na Orla da cidade. O efetivo inclui guardas municipais, policiais militares e seguranças privados.


Um dos coordenadores do Comitê Integrado do Réveillon – grupo de trabalho criado para cuidar do evento e que conta com o envolvimento de diversas secretarias de governo –, Robertinho Couto explicou que a vistoria faz parte de um conjunto de ações que serão realizadas e possuem o único objetivo que é fazer o melhor para quem vai curtir a festa.


“Estamos juntos para cuidar da organização do Réveillon e da segurança, por isso, vamos focar em detalhes estratégicos, como o disciplinamento do comércio informal; o cuidado com o patrimônio público e privado; o uso adequado dos espaços e também da rede elétrica. Vamos trabalhar intensamente nesses próximos dias para fazer o melhor para a população”, frisou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação.


Quem está planejando montar algum tipo de estrutura na Orla do Janga para curtir o Réveillon deve ficar atento. Equipes da prefeitura estão monitorando o local para evitar a instalação de barracas e a demarcação de espaços no calçadão. A gestão municipal só vai liberar o local no sábado. Tudo será por ordem de chegada.


Presente na vistoria, o comandante do 17°BPM, Cel. Marco Ramalho destacou que a segurança do público é a prioridade. Por isso, a PM vai montar um esquema especial para o dia festa. “Nosso trabalho será prioritariamente preventivo para assegurar tranquilidade à população. No entanto, vamos trabalhar, em média, com 40 homens durante os shows do Réveillon, sendo 25 policiais a pé e 15 em guarnições. Também teremos cinco plataformas de segurança, onde o nosso efetivo terá condições de visualizar do alto as possíveis ocorrências. Portanto, acreditamos que tem tudo para ser um evento tranqüilo, sem incidentes”, destacou.


União de Forças - O Comitê Integrado do Réveillon conta com o envolvimento da Câmara de Vereadores através do Vereador Fábio Barros, das secretarias municipais de Desenvolvimento Urbano e Habitação; Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura; Segurança Cidadã e Defesa Civil; Mobilidade e Administração das Regionais e a Executiva de Serviços Públicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário