.

.

29 de dezembro de 2017

População do Paulista revela suas simpatias para o novo ano

O último dia do ano se aproxima e as ruas do Paulista ficam cada vez mais agitadas com a população fazendo as compras para a virada. Além dos itens da famosa ceia de réveillon, alguns munícipes já começam a pensar nas simpatias que farão a partir dos primeiros minutos de 2018 para que o próximo ano seja repleto de coisas boas.

O comerciante Luiz Antônio esta vendendo nesses últimos dias do ano o defumador que, segundo ele, atrai boas energias para os lares. “Defumação é para tirar maus olhados e afastar tudo que é ruim dentro de casa e atrair prosperidade, harmonia e amor. É uma defumação espiritual. São sete ervas, entre elas estão a alfazema, benjoim e o alecrim, erva-doce”, falou. Luiz vende o mix de ervas completo a R$3 a unidade, levanto dois saquinhos o consumidor ainda consegue desconto. 

Agobó Raimundo tem um ponto comercial no Beco do Inhame, no Centro da cidade, e ensinou como fazer simpatias com a romã, fruta bastante procurada nesse período do ano. “Dá para colocar ela na mesa, essa fruta chama coisas boas para dentro de casa e também dinheiro. Para chamar dinheiro é só colocar as sementes secas na carteira ou a própria flor da fruta”, disse.

Sandra Melo aposta em mais de uma simpatia e também acredita que as cores das vestimentas auxiliam na sorte. “Sempre viro o ano na praia, por isso pulo as três ondinhas de costas e visto peças de roupas amarelas e vermelhas para atrair dinheiro e amor. Para mim, isso atrai bons fluidos e energias positivas. Eu acho que isso tem mais a ver com fé, eu acredito que funciona então eu faço”, afirmou.

Para algumas famílias as simpatias se tornam tradições, como o costume de usar branco na virada, para que o ano seja de paz e harmonia. Todas elas são regadas de pensamentos positivos, orações e muita fé para que coisas boas retornem para a vida de cada um. Independente de ter simpatia ou não, o que todos querem é um 2018 cheio de alegrias, paz e realizações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário