.

.

23 de janeiro de 2018

Beneficiários do Bolsa Família precisam informar onde seus filhos estão estudando para evitar bloqueio no programa

Os moradores do Paulista que recebem o Bolsa Família devem ficar atentos. Com o início do ano letivo se aproximando, eles precisam lembrar que assumiram o compromisso de manterem os filhos na escola. Além de manter os meninos e meninas estudando, os responsáveis precisam informar em que unidade de ensino os filhos estão matriculados. A informação precisa ser registrada no Cadastro Único. Caso isso não aconteça, o benefício pode ser bloqueado.

As unidades de ensino têm um sistema que repassa para o governo os dados da criança. Desta forma é possível ver se a frequência mínima está sendo cumprida. Se o aluno mudar de escola, informar essa alteração é de extrema necessidade, pois, sem essa novidade o sistema considera que o estudante não está comparecendo às aulas. A falta de frequência escolar e um cadastro desatualizado pode acarretar numa série de problemas, inclusive o bloqueio do recurso.

A coordenadora do CadÚnico e do Bolsa Família da Secretaria de Políticas Sociais do Paulista, Fernanda Medeiros, explica como o procedimento deve ser realizado. “Uma das condicionalidades para permanecer recebendo o Bolsa Família é a criança ou o adolescente estar frequentando a escola. Para isso, no momento de matrícula o responsável precisa informar a escola e a série em que a criança ou o adolescente estão matriculados. Existindo mudança de unidade de ensino, a informação deve ser passada para o Cadastro Único e uma declaração precisa ser entregue na Secretaria de Educação”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário