.

.

1 de março de 2018

Escola Municipal Agamenon Magalhães recebe visita da equipe do programa Secretaria Interativa

Na manhã desta terça-feira (27.02), o secretário de Educação do Paulista, Carlos Ribeiro Jr., visitou a Escola Municipal Agamenon Magalhães, no Fragoso, junto com a equipe técnica da pasta. A iniciativa faz parte do novo programa “Secretaria Interativa”, que tem a proposta de estreitar o relacionamento entre a comunidade escolar, o gestor municipal e os profissionais da equipe técnica de ensino. 


A escola visitada atende cerca de 625 estudantes do Ensino Infantil ao quinto ano do Ensino Fundamental, divididos entre o prédio principal e o prédio anexo. Na ocasião, a unidade recebeu um kit base de materiais pedagógicos e a Base Comum Curricular. Com a ida a escola foi possível avaliar todas as competências do estabelecimento de ensino, como a merenda escolar, a vivência na sala de aula, além da estrutura física do local. O encontro também possibilitou uma conversa entre o secretário e os professores.

A diretora do Agamenon Magalhães, Sônia da Silva, que atua na rede há 30 anos e está responsável pela gestão da escola desde 2013, revelou a importância desse novo programa. “Fiquei feliz por ver acontecer esse programa inovador, depois de anos trabalhando na rede municipal de ensino. É muito importante que o secretário e sua equipe possam conferir de perto a nossa realidade no dia-a-dia, tanto os acertos como os pontos a melhorar”, afirmou.

As crianças matriculadas participaram ainda de uma pesquisa de satisfação em relação ao ambiente escolar, com o intuito de melhorar a qualidade pedagógica e alimentar para todos os estudantes. Durante o intervalo das aulas, os alunos tiveram um momento de descontração, com atividades lúdicas realizadas pela equipe de coordenação de biblioteca escolar.

De acordo com o secretário de Educação, Carlos Jr., a presença no ambiente escolar pode ser essencial para novos avanços. “O nosso objetivo é procurar entender as necessidades, levar orientações e assuntos de inovação baseados no Ministério de Educação. É importante estar presente e observar as necessidades dos alunos e professores de perto para adotar medidas capazes de mudar a realidade deles”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário