.

.

27 de fevereiro de 2018

Paulo Câmara: "Queremos um Estado cada vez mais conectado com o mundo"

Visando ampliar o leque de possibilidades de atuação da gestão pública por meio do intercâmbio de experiências bem-sucedidas no setor, o governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta terça-feira (27.01), a abertura do evento "Seminário de Cooperação Técnica Internacional", promovido pelo Governo de Pernambuco, através da Assessoria Especial do Estado. O evento - que segue até o final da tarde de hoje no auditório do Espaço Apolo 235, no Recife Antigo -, busca propiciar, às diferentes secretarias, órgãos e agentes públicos do Governo de Pernambuco, bem como a representantes da sociedade civil, o contato com organismos internacionais, especialistas estrangeiros e representantes dos Consulados instalados em nosso Estado, ampliando as oportunidades de cooperação técnica internacional e da troca de experiências exitosas.

"O intuito deste seminário vai ao encontro do que a gente tem planejado ao longo dos anos na busca de preparar Pernambuco para o futuro. Queremos um Estado cada vez mais conectado com o mundo e à frente das inovações que possam ocorrer. Para isso acontecer, parcerias são fundamentais. Mostramos aqui como estamos pensando, governando, planejando e como queremos preparar Pernambuco para os desafios. A gente quer ajudar o Brasil a se desenvolver dando o exemplo do nosso Estado. É sob essa ótica que nós queremos discutir Pernambuco permanentemente, com nossos diversos parceiros, atores e buscando a troca de experiências", frisou o governador.

O seminário aborda seis eixos temáticos transversais, são eles: mitigação dos riscos de mudanças climáticas; gestão de recursos hídricos; energias renováveis; segurança pública e inovação e território. O encontro através da criação de uma rede de contatos entre os participantes, proporciona ao Governo de Pernambuco uma postura ainda mais ativa em relação às representações diplomáticas e as possíveis parcerias que podem ser criadas ou aprimoradas com essas instituições. Demonstrando, dessa forma, a atuação e prioridades de cooperação internacional através da apresentação e troca de interesses diplomáticos e comerciais dos governos estrangeiros. 

Paulo Câmara destacou que o evento dialoga com o desejo de um Estado que expanda o crescimento em diversas áreas, mas, sem esquecer do social, utilizando esses avanços para proporcionar uma melhor qualidade de vida ao povo pernambucano. "Queremos olhar para um futuro onde nós estejamos prontos, dentro de uma ótica de desenvolvimento sustentável. Avançando economicamente, mas sem esquecer o desenvolvimento social, a qualidade de vida, a educação, a ciência e tecnologia, a saúde, a segurança e utilizar todas essas ferramentas em favor do desenvolvimento do nosso povo", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário