.

.

3 de fevereiro de 2018

Vai pular o Carnaval? Fique atento à preparação física antes de cair na folia

Com a chegada do período de momo, uma verdadeira maratona se inicia na vida de quem não desperdiça uma folia. E uma das preocupações antes de sair pulando o carnaval é sobre o condicionamento físico. Afinal, o que fazer antes de seguir o bloco? De acordo com especialistas, o ideal é realizar, sim, atividades físicas, que proporcionarão mais saúde e disposição na hora de aproveitar a festa.


Mesmo assim, é preciso ter cuidado até mesmo antes de começar com qualquer exercício físico, e uma das orientações dos profissionais de educação física é de, antes de tudo, fazer um bom check-up para verificar se o corpo está em perfeitas condições para a prática de exercícios. Se a pessoa tiver mais de 30 anos de idade, é recomendado ainda que se faça exames de eletrocardiograma. Além disso, é preciso ainda que um professor de Educação Física faça uma avaliação, para que este oriente sobre quais atividades praticar.

Para a personal trainer Vângela Melo, antes de cair na folia é preciso, além de estar preparado fisicamente, tomar outras precauções. “Antes mesmo de sair da cama você respire bem, alongue-se e comece seu dia, fazendo uso de filtro solar, alimentando-se bem, bebendo bastante água e tomando sucos de manga, abacaxi ou gengibre. São excelentes e têm o mesmo efeito termogênico no organismo. Se for ingerir bebida alcoólica, o negócio é beber com moderação, isso se não for dirigir, é claro”, alertou a professora.

Para quem pretende seguir com uma rotina de atividades físicas, o que é mais do que recomendado, a profissional deixou ainda algumas recomendações quanto aos tipos de exercícios, sempre acompanhado de um professor ou personal trainer. 

Exercícios para começar

De acordo com Vângela, na primeira semana de preparo físico é bom começar com uma caminhada de 20 a 25 minutos, ou procurar uma academia com acompanhamento de um profissional de educação física

Já na segunda semana, o tempo pode ser aumentado para 30 a 35 minutos. Aumentar também um pouco a carga e repetições na musculação também já pode, além de poder também incluir outros exercícios junto com as caminhadas, como bicicleta, jump ou step.

Com o corpo já adaptado devido aos treinos anteriores, na terceira semana pode-se aumentar o treino aeróbico, e no lugar das caminhadas, começar uma corridinha. Para os homens, nesse período já pode trocar a série de musculação por outra mais específica, para ganhar um pouco mais de massa muscular. Para as mulheres, é recomendada uma série mais específica para delinear mais o corpo e suas curvas.

Na semana seguinte, pode voltar para uma caminhada, com o objetivo de aquecer a musculatura, e também realizar uma corridinha, obedecendo os limites de seu corpo.

Frequência
O indicado para a prática de exercícios físicos musculares é de, no mínimo, duas vezes por semana. Já as atividades físicas aeróbicas devem ser realizadas todos os dias por, pelo menos, 30 minutos.

Caso o exercício realizado seja intenso e passe dos 30 minutos, é necessário descansar no dia subseqüente ou realizar alguma atividade que exercite outras partes do corpo. 

O legal é intercalar diferentes tipos de exercícios, como por exempo:· treino de força, nas terças e quintas; natação, nas segundas e quartas; e e corrida aos sábados.

Alongamentos
“Os alongamentos são diretamente voltados para que o indivíduo aumente a flexibilidade muscular. Eles só trazem benefícios, inclusive são fundamentais para o bom funcionamento do nosso corpo”, explicou Vângela.

Intervalos
Mesmo sendo uma prática saudável, a profissional alerta ainda para que haja um intervalo entre os exercícios físicos. Segundo ela, é de fundamental importância e primordial para que o corpo comece a gerar a adaptação que se quer e se precisa que aconteça. 

Antes de dormir
Estudos recentes indicam que, ao contrário do que se imaginava, praticar atividades físicas leves ou moderadas entre 40 e 50 minutos antes de dormir não atrapalha o sono. Até ajuda a relaxar depois de um dia estressante de trabalho.

O que não fazer?
“Nada de anabolizantes - deixe de lado as cápsulas termogênicas compostas de efedrina, pois causam risco para saúde”, concluiu a professora Vângela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário