.

.

20 de março de 2018

Paulista desenvolve ações proporcionando atendimento de qualidade aos estudantes com deficiência

Em foco na inclusão social, Paulista tem desenvolvido um trabalho especializado para os estudantes com deficiência da rede municipal. O município atualmente conta com 17 polos de atendimento, divididos nos bairros da cidade. A melhora na estrutura e atendimento, que passou a ser humanizado, resulta no crescimento da busca de matrículas. A rede municipal, atualmente comporta cerca de 540 alunos com deficiência.


No ano letivo de 2017, a equipe de Atendimento Educacional Especializado da Secretaria Municipal de Educação desenvolveu o Plano Pedagógico Individual. O método foi criado para analisar o perfil de cada aluno e grupo familiar através de uma avaliação diagnóstica, visando formar cidadãos de autonomia, para conviverem de forma mais justa no espaço social.

Na construção de uma boa educação para todos, a rede disponibiliza Curso de Libras, para ampliar a língua dos sinais e melhorar a comunicação com os alunos surdos. Já para as crianças que tem baixa visão, existe o Projeto Vem Ver na Escola, com materiais adaptados para deficientes visuais. A grande novidade do ano letivo de 2018 é o Projeto Polo Praia Inclusivo, que pretende trabalhar atividades voltadas para a estimulação motora dos estudantes, facilitando os aspectos da inteligência e aprendizado. 

A coordenadora Municipal de Atendimento Especializado, Bernadete Brandão, comenta sobre o aumento da busca de matrículas e a satisfação dos pais. “O objetivo da gestão é formar estudantes autônomos para a vida, além disso, temos nos esforçado para desenvolver métodos de ensino que possam fortalecer a cultura de igualdade para todos. O resultado mais gratificante tem sido o reconhecimento dos pais através da busca pelas matrículas”, afirmou Bernadete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário