.

.

28 de março de 2018

Transporte alternativo é tema de encontro entre categoria e poder público municipal

Com o intuito de discutir melhorias e novas tecnologias na prestação de serviços à população no que se refere ao transporte público na cidade do Paulista, o prefeito Junior Matuto participou, na tarde desta terça-feira (27.03), do 1º Encontro dos Permissionários de Transporte Complementar do Paulista. O Encontro aconteceu no auditório do Senac, em Jardim Paulista Baixo, e contou ainda com representantes da categoria, além de representantes do parlamento municipal, como os vereadores Fábio Barros, Fabiano Paz, Evanil Belém, Irmã Iolanda, Eudes Farias, além do secretário de Mobilidade e Administração das Regionais, José Rodrigues.

De acordo com o presidente da Cooperativa de Transportes do Paulista (COOTP), Marcelo Oliveira, tem sido muito satisfatório para a categoria o apoio que a gestão do prefeito Junior Matuto vem dando aos profissionais que realizam o transporte público alternativo no município do Paulista. “O governo (municipal) está com a gente e está mostrando apoio à nossa entidade para que a gente possa se organizar para o futuro. E é preciso que a gente se organize, como estamos fazendo por meio da qualificação, para assim se preparar para o futuro”, disse Marcelo.

Para o vereador Fabio Barros, que é presidente do Parlamento Metropolitano, o encontro é de grande importância para a questão do transporte no município do Paulista. “Um evento como esse é importantíssimo para preparar os permissionários, para que eles percebam o futuro, seja nas novas tecnologias de transporte, ou seja, na forma que tudo isso vai ser ordenado de forma legal, pois é o fortalecimento e a qualificação de uma categoria importante para a cidade, que há 50 anos faz transporte em Paulista”, finalizou o parlamentar.

O prefeito Junior Matuto, que também participou do evento, enfatizou que é preciso haver unir forças para preparar os profissionais, para assim, oferecer um transporte de qualidade à população. “Esse evento é um marco. Primeiro, por conta de uma parceria estabelecida entre a categoria e a prefeitura pensando única e exclusivamente no passageiro, e para ter um transporte de qualidade, seja público, complementar ou alternativo. E a prefeitura está empenhada, através da Secretaria de Mobilidade e Transporte, para que Paulista seja uma cidade modelo de transporte complementar”, concluiu o gestor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário