.

.

13 de abril de 2018

Estudantes do Paulista encerram 1ª Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente

“Vamos cuidar do Brasil, cuidando das nossas águas”, esse é o tema da 1ª Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, que foi encerrada na tarde desta sexta-feira (13.04) pelos estudantes da Escola Municipal Ministro Marcos Freire, em Maranguape I. O programa tem o objetivo de conscientizar os alunos da rede municipal, para que eles possam ampliar os conceitos ecológicos, formando cidadãos com pensamentos sustentáveis. A ação é coordenada pelo Ministério da Educação, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente.

Na ocasião, o Coral da Escola deu início ao evento de encerramento. Em seguida, estudantes do 6º ao 9º ano apresentaram os projetos elaborados. Além disso, aconteceram palestras de conscientização proporcionadas pela Equipe Municipal de Meio Ambiente; Plenária para aprovação das propostas e Eleição do delegado para os processos de nível Estadual e Federal. Por fim, o encerramento foi marcado pela apresentação cultural do grupo Atos de Resgate.

Pensando em preservação ecológica, os alunos organizaram um bazar visando gerar um sistema cooperativo e sustentável para a indústria têxtil. A aluna Micaelly Santos, de 14 anos, estudante do 9º ano, explicou a utilidade do bazar. “A indústria têxtil consome muita água. Com o bazar, podemos poupar o meio ambiente economizando a nossa água, além repassar as roupas de forma ecológica e usar a renda para colocar em prática os nossos projetos sustentáveis”, afirmou a estudante.

A professora responsável pelo projeto na unidade de ensino, Keila Carvalho, comentou que o foco de conscientização começou na comunidade escolar desde o inicio do ano. “Os estudantes estão fazendo diagnósticos das problemáticas na própria escola, elaborando soluções de reparos e armazenamento. Dessa forma conseguimos melhorar a visão deles para a percepção ambiental, atingindo também a comunidade no entorno”, destacou a professora.

A analista e representante ambiental do município, Erika Costa, reforça a importância do programa para a comunidade escolar e o meio ambiente. “O programa ajuda na expansão do conhecimento reflexivo do aluno sobre as questões ambientais, que fortalecem os temas sustentáveis no ambiente escolar”, concluiu Erika.

Nenhum comentário:

Postar um comentário