.

.

17 de maio de 2018

Brasil bate a Sérvia e ganha confiança na Liga das Nações

Brasil apresentou ajustes e venceu o seu segundo compromisso na Liga das Nações feminina de vôlei. Nesta quinta-feira, a equipe do técnico José Roberto Guimarães passou pela Sérvia por 3 sets a 1, com parciais de 23-25, 25-22, 25-14 e 25-21, no Ginásio José Correia, em Barueri (SP), e ganhou confiança na competição, após uma derrota para a Alemanha e um triunfo sobre o Japão.

O destaque do jogo foi a central Bia, responsável por 18 pontos. A oposto Tandara marcou 14 vezes, e a ponteira Amanda saiu com 13 acertos. Na Sérvia, as centrais Stevanovic e Popovic marcaram 13 cada.Contra algumas das grandes estrelas do vôlei mundial, como a oposto Boskovic e a ponteira Mihajlovic, vice-campeãs na Rio-2016, Popovic, o renovado grupo brasileiro enfrentou dificuldades desde o início. O primeiro set mostrou equilíbrio, e Tandara bem que tentou resolver. Mas, na reta final, o trio sérvio calou ginásio com seus ataques potentes, e Boskovic fechou o set.

Como era esperado, Zé Roberto tirou Gabi no segundo set, uma vez que a ponteira vem sendo poupada devido a dores no joelho direito, e deu lugar a Drussyla. As sérvias continuaram com a pressão, mas as jogadas rápidas de Roberta com Bia fizeram efeito, sobretudo no final do set. O empate veio após erro de saque das europeias.

O terceiro set foi o mais tranquilo. As brasileiras fizeram sua melhor apresentação no sistema defensivo e no saque na semana, e impuseram dificuldades às rivais. Com Amanda e Drussyla inspiradas, a vitória não demorou a vir, após um erro de ataque das oponentes,

A Sérvia voltou modificada, com as reservas Bjelica, ex-Osasco, e Busa, mas esteve longe de reencontrar seu melhor jogo. O Brasil, por sua vez, não deixou o ritmo dos contra-ataques cair. Amanda, habilidosa ao usar o bloqueio adversário, sobrou no quesito. O time não teve dificuldades para fechar, em ataque da ponteira.

A próxima para a equipe brasileira acontecerá em Ancara, na Turquia, onde a equipe enfrentará a seleção da casa, a Argentina e a República Dominicana, na próxima semana.

Fonte: Portal Terra.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário