.

.

30 de maio de 2018

Defesa Civil do Paulista orienta moradores do Janga a reparar estragos em prédio atingido por incêndio

A Prefeitura do Paulista, por meio da secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil, realizou na manhã desta quarta-feira (30.05), um encontro para discutir medidas preventivas que possam garantir a segurança dos moradores de um prédio que foi atingido por um incêndio no último domingo (27), no bairro do Janga.

O encontro serviu para alertar os moradores acerca de alguns problemas detectados na parte estrutural do imóvel, como rachaduras e fissuras. “Na visita que realizamos no início da semana, pudemos identificar que o prédio não apresenta manutenção preventiva, por isso decidimos orientar os moradores a tomarem algumas medidas que venham a tornar o local seguro. Um prazo de 15 dias foi estabelecido para que eles achem uma empresa que fique encarregada de tocar a demanda”, salientou Roberto Wanderley, engenheiro do órgão.

João Alves de Andrade Filho, proprietário de um apartamento, garantiu que as partes envolvidas entrarão em um consenso o mais breve possível. “Vamos procurar uma empresa cadastrada no CREA para tomar conta da obra. A Prefeitura pode ficar tranquila, que vamos cumprir este prazo e fechar o contrato no máximo em 15 dias”, afirmou.

Caso os moradores não consigam cumprir as exigências no prazo estabelecido, a Defesa Civil tem o poder legal de interditar o edifício, atitude indesejada pelo titular da pasta, Manoel Alencar. “Não queremos interditar o imóvel de ninguém, mas nossa missão é zelar pela segurança da população. Nossa intenção é evitar que tragédias aconteçam, por isso, acompanharemos esse caso de perto”, afirmou o gestor, que aproveitou a oportunidade para apresentar a Central de Monitoramento do município aos moradores.

Vale destacar que em casos de emergência, a população do Paulista pode acionar a Defesa Civil por meio do aplicativo Paulista Conectada. Outra forma de contato é o número 153, que também funciona 24h, durante os sete dias da semana. Os moradores da cidade ainda podem se comunicar com a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) – 3181-2490.

Nenhum comentário:

Postar um comentário