.

.

29 de maio de 2018

Junior Matuto reúne secretários e vereadores para definir ações de enfrentamento aos problemas de manutenção da cidade

O prefeito Junior Matuto reuniu os secretários municipais e os vereadores do Paulista para discutir os problemas enfrentados pela cidade, causados pela paralização dos caminhoneiros e pela burocracia que está impedindo a prefeitura de tocar os serviços de manutenção da cidade, como a coleta de lixo e a Operação Tapa Buracos.

No encontro que aconteceu na tarde desta segunda-feira, 28.05, na secretaria de Infraestrutura, na Av. Brasil, em Maranguape I, o prefeito adiantou que a prestação dos serviços públicos estão engessados, mas apresentou as alternativas para colocar em prática as ações necessárias para garantir a manutenção da cidade.

“São muitos os problemas que estamos enfrentando. O primeiro é por conta da burocracia com a empresa que ganhou a licitação para realizar a Operação Tapa Buracos, há cinco meses que concluímos o processo licitatório e até agora os serviços não começaram. Já destratamos a empresa vencedora da concorrência, perdendo meses em um embate burocrático, estamos contratando a segunda empresa colocada para firmar o contrato e iniciar, assim que o tempo permitir, o serviço de recuperação das vias.” Informou Junior Matuto.

Outro problema enfrentado pela gestão é pela falta de combustível para abastecer os caminhões e compactadores para a coleta do lixo, que está com acúmulo desde a semana passada. “Estamos ajudando a encontrar alternativas para que a empresa abasteça e regularize a coleta o mais rápido possível. Não é fácil uma gestão ter tantas obras estruturadoras a apresentar, resultado de convênios e captação de recursos com emendas parlamentares, e todo esse trabalho ser ofuscado por dificuldades burocráticas. É muito frustrante sentir a insatisfação da população por conta de serviços que nos preparamos para prestar e não conseguimos, por problemas que fogem a nossa vontade”. Desabafou o prefeito.

A gestão desde janeiro vem cuidando para preparar a cidade para o inverno com a limpeza dos canais. Dos 28 que cruzam a cidade, a prefeitura já limpou 18 canais, só faltando 10. Desde janeiro também, que a Prefeitura mapeou as ruas que precisavam receber a operação Tapa Buracos. Porém, a empresa vencedora não cumpriu com o acordo e inviabilizou a agenda planejada pela gestão.

O embate burocrático está na reta final, no mais tardar em 15 dias, a prefeitura deve colocar o serviço nas ruas, aproveitando cada momento de sol para ir realizando o trabalho de recuperação das principais vias. Paralelo à contratação da empresa que vai cuidar da Operação Tapa Buracos na cidade, a gestão também está firmando um convênio, através de emenda parlamentar, para iniciar uma ação de recapeamento em diversas vias públicas. A expectativa é de que esta segunda frente de recuperação viária comece em até 50 dias.

Além de todos os secretários municipais e executivos, a reunião contou com a presença dos vereadores Edinho, Fabiano Paz, Camelo do Seguro, Eudes Farias, Márcio Freire e Vinícius Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário