.

.

23 de maio de 2018

No Paulista, prefeito acompanha as metas prioritárias da educação e da segurança em reunião de monitoramento

Desde a criação do sistema de acompanhamento e gestão das metas de governo, implantada ainda no primeiro mandato de Junior Matuto, já foram realizadas 129 reuniões de monitoramento pelo prefeito, com a coordenação da Secretaria de Planejamento e Controladoria.

É através deste sistema de acompanhamento que o prefeito se apropria do andamento da implantação das ações prioritárias da gestão. Na reunião desta quarta-feira (23.05), o prefeito Junior Matuto acompanhou o desenvolvimento das metas prioritárias das pastas de Educação e Segurança Cidadã e Defesa Civil.

Na área de segurança, cuja prioridade para este ano é a ampliação do sistema de videomonitoramento através de câmaras de segurança, a exemplo do que acontece no entorno do centro da cidade, até as praias.

Também foram alinhadas ações para garantir mais segurança no entorno das escolas da rede municipal de ensino. As secretarias de educação e de Segurança Cidadã já desenvolvem programas em parceria para fortalecer a cultura de paz nas Escolas, a exemplo do Proerd e Propaz.

A Educação por sua vez, apresentou em que fase está sua principal meta para o segundo governo Junior Matuto, que é a implantação da Escola do Futuro, onde mais de 700 alunos, além do ensino tradicional, terão acesso às novas tecnologias.

Prestação de contas

Nesta reunião de monitoramento, o secretário de Educação Carlos Ribeiro Junior prestou contas das principais ações de sua pasta, nos últimos seis meses. “Estamos fortalecendo a educação do Paulista, baseado no conceito ‘Escola Para Todos’, com uma politica de educação municipal democrática, inclusiva e participativa”, adiantou o secretário.

Dentre o balanço apresentado, Carlos Junior destacou o crescente numero de matriculas na rede municipal, que hoje soma 18.563 alunos em sala de aula. Mas, o que chama a atenção é que em 2016 é que em 2016, apenas 13 alunos com deficiência frequentavam as aulas. Este ano, 531 alunos especiais estão matriculados na rede, com acompanhamento de apoios pedagógicos. A base curricular que garante que todos tenham acesso a um repertório comum foi amplamente debatida e implantada nas 62 escolas da rede.

Vale destacar ainda os avanços na qualificação e valorização dos professores, que terão entre outros ganhos o pagamento do piso nacional e a implantação de 1/3 da aula atividade para garantir mais tempo para a organização didática e pedagógica. 

Outro programa importante é a Escola de Pais, que vai servir para aproximar cada vez mais os pais e responsáveis dos alunos, para que ocorra uma interação de toda a cadeia educativa, onde todos os atores – professores, gestores, pais e alunos, participem do processo educativo de forma integrada.

Ao final da reunião, o prefeito Junior Matuto afirmou que a Educação do Paulista segue no rumo certo. “Podemos perceber concretamente os resultados dos nossos investimentos na educação municipal. Mas quero salientar que não investimos apena em uma área. Nos preocupamos com o todo da educação: com a infraestrutura, recuperando escolas; com o conteúdo, firmando parcerias para formar professores; com programas de atenção aos alunos, como o Olhar Paulista e o Cuidar Primeira Infância; com a valorização dos professores e ainda com a atração dos pais para dentro das escolas. São investimentos que só vamos constatar de fato o sucesso, com o tempo. Mas tenho certeza que vamos colher bons frutos,” finalizou Junior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário