.

.

2 de maio de 2018

Paulista celebra o Maio Amarelo com ações voltadas à segurança viária

Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Com esse objetivo, a Prefeitura do Paulista apoia essa iniciativa e vai realizar ações pelo município ao longo desse mês. Essa mobilização visa colocar em pauta as responsabilidades que cada cidadão deve ter para a construção de um trânsito seguro.

Devido à quantidade de vidas perdidas nas estradas, a Assembleia Geral das Nações Unidas definiu que de 2011 a 2020, os governos elaborem novas medidas para prevenir os acidentes de trânsito, que são responsáveis por cerca de 1,25 milhão de mortes por ano, sendo a nona maior causa de óbitos no mundo. Sem campanhas de conscientização, a Organização Mundial de Saúde estima que esse número chegue a 2,4 milhões, em 2030, passando para a quinta maior causa de mortalidade.

“A educação preventiva é a melhor forma de conscientizar os motoristas sobre os riscos oferecidos pelo trânsito. Durante as ações, abordaremos práticas que levem as pessoas a dirigir com segurança. Entendemos que o trânsito deve ser uma pauta permanente, diária, até porque os acidentes já se tornaram uma epidemia, que prejudicam diretamente a saúde pública”, afirmou Ícaro Barbosa, um dos coordenadores da iniciativa no município.

No Brasil, a meta do Maio Amarelo é reduzir em 50% as ocorrências trágicas no trânsito. Anualmente, a média de mortes no país é de aproximadamente 45 mil pessoas. Além do prejuízo emocional, cada acidente traz um custo econômico para os cofres públicos. São gastos cerca de R$ 56 bilhões por ano com acidentes no Brasil. Valor que daria para construir 1,8 mil hospitais e 28 mil escolas.

A Secretaria de Mobilidade e Administração das Regionais do Paulista apoia a causa e pede para que você crie consciência sobre algumas atitudes, lembrando que a maioria dos acidentes acontece por conta de escolhas inadequadas e arriscadas. Evitando a imprudência, você estará preservando a sua vida e a do próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário