.

.

4 de maio de 2018

Paulista realiza mutirão de serviços na comunidade Nossa Prata

"Eu e meu esposo estamos desempregados e a situação está bem difícil. Então, fazer essa limpeza de pele que acabei de realizar, me ajudou a me sentir mais bonita, mais mulher e por cima. Agora estou com a autoestima elevada e ciente que sou capaz de crescer e vencer”, disse a dona de casa Claudineide da Rocha de 40 anos, que participou na manhã desta quinta-feira (03.05), de um mutirão de serviços gratuitos de saúde e cidadania, na comunidade Nossa Prata, em Maranguape II. 


Assim como ela, outros moradores do local também foram contemplados com a ação integrada, coordenada pelas Secretarias Municipais de Saúde, Executiva de Políticas para as Mulheres e Políticas Sociais e Esportes. Durante a iniciativa, a população teve acesso a palestras educativas sobre a tuberculose e hanseníase, exames de mamografia, através da unidade móvel do Amigo do Peito, atendimento com cardiologista, com direito a exame de eletrocardiograma, aferição de pressão e medição da HGT (glicose), consultas com clínico geral e serviços do CadÚnico e CRAS. O Programa Cuidar Primeira Infância também esteve incluído no mutirão e aconteceu na Creche Nossa Prata para as famílias e crianças.

Dona Edilene Lima é doméstica e soube da ação minutos antes dela acontecer, mesmo assim, ela conseguiu atendimento especializado. “Eu vi a movimentação aqui na frente de casa e resolvi descer, quando soube que eram as atividades de saúde peguei os documentos e vim procurar atendimento. Sempre faço o autoexame em casa e graças a Deus nunca encontrei nada, mas aproveitei para fazer exame de mama e verificar como está a minha saúde”. Ela ainda falou da importância dessas ações na localidade. “Nós precisamos muito desses atendimentos aqui, pois por várias vezes temos que ir para outros bairros na busca de consultas e essa ação está facilitando muito a nossa vida”, argumentou.

As pessoas também puderam realizar testes rápidos para hepatites, HIV e sífilis através da unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Além de vacinação contra a gripe, disponível apenas para os grupos prioritários, um escovódromo foi montado no local com orientações e aplicação de flúor para promover a saúde bucal.

Os jovens da comunidade também marcaram presença na ação. O estudante Ítalo Mateus de 18 anos procurou o serviço de odontologia e comentou as mudanças que ele vê na cidade. “É uma ação legal, bem bacana, que nós moradores precisamos muito. Paulista realmente está mudando e a gente pode ver a melhora da comunidade no dia a dia”, disse.

A secretária de Saúde do Município, Fabiana Bernart, explicou o intuito da iniciativa. “A proposta da ação é que a gente traga a Secretaria de Saúde para dentro das comunidades, na perspectiva de criarmos uma relação de vínculo. Por enquanto a comunidade Nossa Prata não tem uma unidade de referência direta, por isso acabamos fazendo ações pontuais aqui, mas nosso intuito, é que em breve, uma Unidade de Saúde da Família seja construída nesta localidade”, contou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário