.

.

16 de maio de 2018

Programa Prevenção Legal atua em Escola do Janga

Com o intuito de formar uma corrente de sensibilização e proteção às crianças do município, o Programa Prevenção Legal atuou na praia do Janga, na manhã desta quarta-feira (16.05). A iniciativa, coordenada pela Secretaria de Defesa Social em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, promove o enfrentamento ao abuso sexual e ao desaparecimento de crianças, atuando com crianças de 8 a 10 anos da rede municipal de Ensino.

Na ocasião, os estudantes da Escola Municipal Edson Gomes do Rêgo, participaram de atividades lúdicas e culturais relacionadas ao tema. Além de um banho de neblina oferecido pelo Corpo de Bombeiros.

A ação contou com a parceria do Corpo de Bombeiros, que aproveitou a oportunidade, para instruir a garotada de como utilizar a autonomia e se manter em alerta em locais com multidões. Além disso, teve também a participação do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente, atuando na panfletagem, a Sociedade Bíblica, Sociedade Civil e as Secretarias Municipais de Mobilidade e Segurança Cidadã e Defesa Civil, garantindo uma boa mobilidade e a segurança do evento.

O Major Alexandre de Araújo destacou a importância de se manter vigilante em todas as ocasiões. “Temos que fazer a reflexão de que devemos chegar e retornar nos ambientes de lazer com segurança, para isso, é necessário que os responsáveis e crianças estejam atentos. Por exemplo, entrar no mar com alguém responsável”, alertou. 

Em alusão ao Dia Internacional da Criança Desaparecida (25.05), a chefe do núcleo de enfrentamento ao tráfico de pessoas, Jeanne Aguiar, reforçou o combate ao tráfico de pessoas. “Com as crianças se envolvendo na ação, conseguimos passar conhecimento para as famílias através da garotada. Essa ação também é importante para conscientizar as pessoas que façam a denúncia”, orientou.

“O objetivo dessa ação é sensibilizar, para que as pessoas reflitam sobre esses assuntos tão importantes e que acontecem todos os dias. Além de instruir e preparar os nossos não só em defesa própria, como também para auxiliar outras crianças”, afirmou a Gerente Municipal de Articulação Comunitária, Valdenize Honório. 

O secretario Carlos Júnior também participou da ação e destacou a importância da iniciativa para os estudantes do Paulista. “A partir dessa ação os alunos aumentam os conhecimentos, propagando as informações em prol da diminuição das estatísticas. Queremos que o aluno seja o protagonista da própria história”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário