.

.

9 de maio de 2018

Quati, mergulhão, iguana e coruja são entregues à CPRH

Um quati encontrado em um bairro de Caruaru, uma iguana que apareceu nos jardins de uma associação na Imbiribeira, no Recife, um mergulhão-pequeno encontrado em um conjunto próximo à PE-22 no bairro de Conceição, em Paulista, e uma coruja-de-igreja resgatada por moradores de uma comunidade de Piedade, Jaboatão dos Guararapes. Estes são os novos animais silvestres acolhidos, nesta terça-feira (8), pela unidade de Fauna da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). Eles foram encaminhados no início da tarde para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), no Bairro da Guabiraba, onde serão avaliados e preparados para o retorno à natureza.

O quati (Nasua nasua), já adulto, foi visto por moradores da comunidade Fernando Lyra, próxima ao Bairro Universitário, em Caruaru, Agreste do Estado, e, segundo os mesmos, estaria se alimentando de calopsitas da vizinhança. Os moradores acionaram a Prefeitura local, que fez o resgate na tarde da segunda-feira (7). Nesta terça (8), o biólogo Basílio Soares Maciel, da gestão municipal, aproveitou uma agenda de trabalho no Recife para trazer o mamífero para a CPRH. Já o mergulhão (Tachybaptus dominicus) foi recolhido pela CPRH em um condomínio da praia de Conceição, no terraço de uma das casas de um privê que se situa próximo à PE-22 e a um manguezal, de onde a ave, ainda jovem pode ter vindo.

Já a iguana (Iguana iguana) e a coruja-da-igreja (Tyto furcata) foram levados ao órgão ambiental estadual pelo biólogo Diego Victor, do projeto Trilogiabio, que faz resgate de animais silvestres. A iguana apareceu nos jardins da Associação de Fornecedores de Cana, na Imbiribeira. Já a coruja foi encontrada no domingo (6) por moradores do Conjunto Dom Helder Câmara, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes. Os moradores chegaram a alimentar a ave. A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Jaboatão prontificou-se a realizar o resgate, mas a equipe da Trilogiabio cumpriu a tarefa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário