.

.

26 de junho de 2018

Laura Gomes repercute nota da ONU Mulheres contra machismo de brasileiros na Copa do Mundo

Uma nota pública da Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres) mereceu comentários da deputada Laura Gomes (PSB) durante a Reunião Plenária desta segunda (25). No documento, a instituição repudia a conduta machista de brasileiros que, em um vídeo, ridicularizaram uma estrangeira na Copa da Rússia. Para a entidade, o episódio é classificado como assédio sexual, e a atitude “reduz as mulheres a objetos, na demonstração de como a misoginia não tem fronteiras”.

“A gente já está cansada de tantas violações aos direitos das mulheres, mas é importante bater nessa tecla sempre que necessário”, pontuou a parlamentar. “Uma sociedade justa não cultua o machismo e a misoginia. Vamos repetir isso até que a gente consiga, no futuro, uma sociedade menos violenta e onde as mulheres tenham seus direitos garantidos”, frisou. Na semana passada, a Comissão da Mulher da Assembleia aprovou um Voto de Protesto contra o ocorrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário