.

.

15 de junho de 2018

Saiba como para proteger seu cão do barulho dos fogos de artifício

No nordeste é muito comum a presença de bombas e fogos de artifícios nas festas juninas, bem como nas comemorações em dias de jogos de futebol - um alerta para quem possui algum animal doméstico. As explosões podem causar nos pets tremores, fobias, quadro sintomático de ansiedade e aumento da frequência cardíaca (taquicardia).

Os cães possuem uma capacidade auditiva diferente dos seres humanos. O ouvido dos bichinhos podem receber sons com frequências duas vezes maiores que a nossa. Por essa razão o barulho dos fogos de artifício incomodam tanto os pets. Segundo especialistas, os cães conseguem identificar sons quatro vezes mais distantes que os humanos.

A veterinária Kátia Bispo, da Secretaria de Saúde do Paulista, orienta que o melhor a fazer nestes dias de comemorações é evitar que os animais estejam expostos a locais onde há incidência de fogos de artifício. Expor os bichos a ambientes de festas pode prejudicar a saúde deles, principalmente dos cardiopatas. 

“Todos sabem que estes barulhos incomodam muito os animais, deixando eles muito assustados. O que a gente geralmente recomenda aos proprietários é que tente manter os animais em algum local da casa que ele se sinta protegido, de preferencia com a presença de alguém para lhe mostrar segurança. Muitos profissionais também indicam calmantes naturais, que não causam nenhum dano à saúde deles e os deixam mais tranquilos”, ressaltou.

A especialista também falou dos cuidados que os donos devem ter, caso sejam orientados a usar pré-anestésicos. Ela orienta que estes medicamentos requerem um pouco mais de atenção, pois podem ser um risco à saúde do animal. Para casos extremos é importante procurar um atendimento com um profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário