.

.

18 de julho de 2018

Mudas estão sendo distribuídas em prédios públicos e associações de bairro

Prédios públicos e Associações de bairro localizados em Paulista estão sendo beneficiados com mudas de plantas nativas e frutíferas. A ação, coordenada pela Secretaria Executiva de Meio Ambiente, visa estimular a preservação das áreas verdes e a criação de espaços mais arborizados na cidade. Estão sendo distribuídas mudas de Ipê brancos e amarelos, Jatobá, Pau Brasil, Ubaia, Oiti da Praia, Pitanga, Ingá e Açafrão. 

As escolas da rede municipal são as principais beneficiadas. A ideia é que a gestão escolar desenvolva atividades com os alunos, mostrando a eles a importância da preservação da natureza, através do cuidado com as mudas. Ao todo, 17 unidades de ensino serão contempladas. Elas fazem parte do projeto “Escola Mais Verde e Viva”, que é coordenado pela Secretaria de Educação, em parceria com a equipe de Meio Ambiente.

A destinação dessas mudas nativas e frutíferas é o resultado de uma ação de compensação ambiental prevista pela Secretaria Executiva de Meio Ambiente. Uma empresa que está construído unidades habitacionais no município foi quem fez a doação das plantas.

“Aqui em Paulista nós temos um Manual de Arborização que estabelece quais são as espécies que o empreendedor deve adquirir na compensação. Poderíamos optar por plantas com mais tempo de vida, mas receberíamos um número menor de unidades. Por isso, solicitamos que a doação fosse dessa forma mesmo para contemplar mais locais”, explicou o secretário-executivo de Meio Ambiente, Leslie Tavares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário