.

.

4 de julho de 2018

Prefeitura do Paulista forma mais uma turma no PROERD


Com muito entusiasmo, 1100 alunos da rede pública de ensino do Paulista receberam na manhã desta terça-feira (03.07), o certificado de conclusão do Programa Educacional de Resistências às Drogas (PROERD). A solenidade aconteceu na Escola de Referência em Ensino Médio Padre Osmar Novaes, em Paratibe.


O programa desenvolvido por meio de uma parceria entre o Governo do Estado, Polícia Militar e as secretarias municipais de Educação, Segurança Cidadã e Defesa Civil ajudou a mostrar opções saudáveis de comportamento para as crianças, onde as drogas e a violência não tem vez.

Uma das alunas beneficiadas com o projeto foi a Ana Carolina, de 10 anos. Ela estuda na escola municipal Zulima Pinho Alves, em Jardim Paulista Baixo. “Além de orientar para a gente não usar drogas, o PROERD nos ensina que o bullying é coisa feia. Meu professor falou que é importante a gente respeitar e ter compaixão pelo próximo”, disse a garota.

O curso teve duração de quatro meses, com um encontro semanal. No decorrer do projeto, os policiais militares se responsabilizaram em ministrar ações pedagógicas voltadas à prevenção da violência e o uso de drogas. A iniciativa foca nos estudantes dos 5º, 6º e 7º do ensino fundamental II.

“Estamos aqui hoje reafirmando a parceria com o Governo do Estado de Pernambuco. Não tenho duvidas de que essa ação voltada à formação dos nossos jovens beneficiará o município a curto, médio e longo prazo”, destacou o Prefeito Júnior Matuto, presente na cerimônia de entrega dos certificados.

O secretário executivo de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire, explicou que a prevenção criminal vale como forma de impedir a continuidade de um determinado comportamento delituoso.

“Esse trabalho de prevenção feito pelo PROERD é fundamental para que a gente consiga atacar um dos principais problemas que atingem o índice de crimes contra a vida. Em Pernambuco, mais de 70% das pessoas que têm a vida ceifada em crimes violentos estão envolvidas com as drogas. Então, educar e orientar essas crianças a se manterem distante desse mal social nos ajuda a construir um futuro mais justo e melhor”, enfatizou o gestor.

Já o gerente geral de articulações da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, Cláudio Borba, destacou que Paulista vem contribuindo de forma considerável com a iniciativa. “Paulista nos ajudou a formar instrutores do PROERD, então trouxemos o projeto para a cidade como forma de retribuição. Queremos que a nossa juventude entenda o quanto as drogas é ruim e prejudicial, evidenciando os riscos decorrentes da dependência química”, afirmou.



O secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do município, Manoel Alencar, se mostrou satisfeito com o trabalho que vem sendo desenvolvido e adiantou os planos da gestão para o futuro. “A sensação é de missão cumprida. A formação desses alunos no curso é enaltecedor para a cidade. A gestão do Prefeito Júnior Matuto tem feito história e ainda vamos atingir todas as escolas da rede pública”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário