.

.

15 de agosto de 2018

Gestor pactua com comerciantes e moradores ordenamento do trânsito em Maranguape II

Desde de que a equipe da Secretaria Municipal de Mobilidade e Administração das Regionais começou a instalar a sinalização vertical e horizontal nas avenidas A e B, em Maranguape II, os comerciantes e moradores do bairro ficaram preocupados por conta das mudanças em relação ao esquema de estacionamento e paradas ao longo das vias. Diante dessa situação, o prefeito Junior Matuto fez questão de reunir uma comissão nesta quarta-feira (15.08) para apresentar e tirar dúvidas sobre o que está previsto para a localidade.

Durante o encontro, que ocorreu em Maranguape I, Junior Matuto explicou que o projeto, em fase de implantação, atende uma recomendação do Ministério Público. Apesar disso, a prefeitura fez questão de ouviu os comerciantes e moradores e buscar alternativas que atendam as necessidades coletivas. Ao mesmo tempo, o gestor municipal também se colocou à disposição para levar os pleitos apresentados na reunião ao MPPE.

“Não adianta a gente tomar alguma atitude sem conversar antes com aqueles que dependem e vivem a situação, como é o caso dos comerciantes e moradores aqui da comunidade. Por isso, acho que vamos tomar uma decisão acertada porque vai ser uma decisão coletiva”, destacou o prefeito Junior Matuto.

Uma das alternativas levantadas na reunião diz respeito à ampliação do número de vagas de estacionamento ao redor da Praça José Lopes de Araújo, localizada bem no coração do comércio local. O espaço de lazer e convivência da comunidade está, inclusive, em obras. Aproveitando essa revitalização, o prefeito determinou que o secretário de Mobilidade e Administração das Regionais, José Rodrigues, recorra à fábrica InBetta, para buscar uma alternativa para o pleito. A expectativa é de que isso também contribua com o sistema de carga e descarga.

Representando a comissão na reunião, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Paulista, Raimundo Lopes, saiu satisfeito do encontro com o prefeito. “Estamos saindo daqui muito mais tranquilos, afinal, o prefeito conhece bem a comunidade e sabe que o comércio alavanca a economia local. Por isso, ele usou a sensibilidade para ouvir os comerciantes e moradores, buscando uma solução conjunta. E com isso, quem ganha é a população”, frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário