.

.

20 de setembro de 2018

Pós-campanha de vacinação antirrábica tem início em Paulista

A pós-campanha de vacinação antirrábica animal teve início nesta quinta-feira (20.09) nos bairros do Engenho Maranguape e Jardim Paulista Baixo. A decisão de fazer esse trabalho após o Dia “D” levou em consideração a necessidade de imunizar mais animais das áreas descobertas ou de difícil acesso. A iniciativa será dividida por etapas. Nessa primeira, que segue até o dia 1º de outubro, vai beneficiar sete comunidades da cidade.

“Minha cachorra vive presa, mas é necessário vacinar ela contra a raiva. Todo ano eu procuro o posto de imunização mais perto de casa”, relata Risoleide Anselmo, dona da cachorra Lika e moradora do Engenho Maranguape.

Marília Cristina é a dona da cadela Mel. Ela contou um pouco sobre a importância de deixar sua cachorra prevenida. “Eu a vacino todo ano, eu não quero que ela fique doente e transmita a raiva para outros animais ou pessoas. Ela é como uma filha, e eu tenho que cuidar dela”, comentou.

A vacinação antirrábica acontece geralmente no mês de setembro porque as fêmeas geralmente ficam no cio no mês de agosto. É nesse período que os cães brigam para disputar as fêmeas. Dessa forma, a transmissão da raiva pode ocorrer mais facilmente. A doença é contraída quando um animal considerado doente morde o outro sadio. O animal deve ser observado. Os donos precisam ver como anda o estado de saúde do animal, se está se alimentando bem, vomitando ou com o comportamento agressivo.

A raiva pode ser contraída o ano todo, mas nesse período a incidência é maior. Ela não tem cura, e atinge o sistema nervoso central causando o óbito. Por isso, ela é considerada uma das mais graves zoonoses, ou seja, doença transmissível dos animais para os homens.

VACINA - As vacinas antirrábicas humanas podem ser ministradas antes e após a exposição do vírus, que são em média três doses para cada pessoa. Neste período, a pessoa deve ficar em alerta sobre os sintomas e tentar observar o animal que deu a mordida, para que ele não apresente nenhum sintoma da raiva. Aqui na cidade, a Prontoclínica Torres Galvão (PTG), localizada no Centro,oferece a dose.

CONFIRA O CRONOGRAMA:

Sexta-feira (21.09):
Posto fixo – Praça dos Lenhadores, no Nobre;
Posto fixo – Associação do Povo, na Rua 29, Jd. Paulista Baixo;
Posto volante – Nas ruas da comunidade das Ilusões, em Jd. Paulista Alto;

Segunda-feira (24.09):
Posto fixo – Pátio da feira livre de Paratibe;

Terça-feira (25.09):
Posto fixo – Associação de Moradores de Maranguape II, na Av. A, em frente à Praça José Lopes de Araújo;

Quarta-feira (26.09):
Posto fixo – Praça do bairro da Aurora, próximo ao Centro de Formação de Professores do município;

Segunda-feira (1º.10):
Posto fixo – Igreja Nossa Senhora do Ó, na Av. Cláudio José Gueiros Leite, na rodovia PE-01, em Pau Amarelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário