.

.

2 de outubro de 2018

Educação do Paulista aplica a primeira avaliação do AMUDEP

Na manhã desta terça-feira (02.10), a Secretaria de Educação do Paulista realizou a primeira aplicação da Avaliação Municipal do Desenvolvimento Escolar do Paulista (AMUDEP). Esta ferramenta tem como objetivo diagnosticar o estágio de conhecimento do aluno, como analisar a evolução do desempenho dos estudantes dos 3º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, tendo provas aplicadas nas disciplinas de português e matemática.


As aplicações das provas vão ocorrer durante três dias, na manhã e na tarde de hoje foram contemplados os estudantes do 3º ano, e nesta quarta e quinta, respectivamente, os estudantes do 5º e 9º ano. Com os resultados obtidos após o encerramento das avaliações, a equipe da Secretaria de Educação vai diagnosticar em qual área os alunos tem mais dificuldade e, com base nisso, adotará medidas para qualificar o processo de ensino-aprendizagem.

O município do Paulista não contava com uma ferramenta que ajudasse nesse sentido. A gestão sempre dependia das avaliações externas, como o IDEPE e o IDEB. Diante disso, a Educação da cidade criou esse instrumento, que ajuda os educadores e os estudantes simultaneamente.

O secretário de educação do Paulista, Carlos Junior, acompanhou nesta manhã as avaliações na Escola Municipal Ministro Marcos Freire, em Maranguape I. Ele destacou que a iniciativa foi construída em diálogo com os professores da rede, através da criação de uma comissão para o desenvolvimento da avaliação.

“No ano de 2019, vamos aplicar esta avaliação no fim do primeiro semestre, onde poderemos corrigir no segundo semestre as eventuais falhas, e no final do segundo semestre, nós faremos outra aplicação para fazer um balanço anual. Então vamos poder diagnosticar onde podemos melhorar avançar onde já estamos acertando e garantir um desempenho melhor na rede municipal de ensino do Paulista. Ou seja, é uma preocupação com o conhecimento, e na melhoria do aprendizado dos nossos alunos”, finalizou o gestor da pasta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário