.

.

9 de novembro de 2018

Junior Matuto apresenta projeto da Via Parque Paratibe ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico em busca recursos de investidores chineses

O prefeito do Paulista, Junior Matuto, apresentou no final da manhã desta quinta-feira (08.11) o projeto da Via Parque Paratibe, para que a equipe técnica do secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Antônio Mario, insira este projeto na Matriz de Oportunidades de Parcerias Público-Privada e Concessões que será apresentada na feira de investidores chineses, que acontecerá dia 06 de dezembro deste ano.

O projeto da Via Parque Paratibe prevê a construção de uma via expressa de mão dupla, entre a Ponte do Janga, na orla do Paulista, à BR 101, interligando as Perimetrais 01, 22 e 15. O esboço da Via Parque Paratibe ainda está em fase de captação de recursos. Quando concluída, a obra viária irá beneficiar o fluxo do trânsito em toda a região Metropolitana Norte, impulsionando o desenvolvimento e favorecendo o turismo.

O prefeito Junior Matuto deixou a reunião bastante animado com a perspectiva de conseguir captar os recursos necessários para tocar essa obra de grande importância para o município. “Mais uma vez a prefeitura está em busca de parcerias para melhorar a qualidade de vida no município. A Via Parque Paratibe é uma obra emblemática que vai mudar a vida do povo de Paulista e do Litoral Norte como um todo. A gente sabe que o momento é de muita dificuldade financeira, mas estamos sempre em busca de parceiros para financiar grandes obras como esta. É o que viemos fazer aqui, foi firmar mais uma parceria com o Governo do Estado, sendo que desta vez, através do secretário Antônio Mario. É neste rumo que queremos que a cidade ande”, adiantou o prefeito. 

A obra viária, que possui aproximadamente 10 km de extensão em cada lado, está avaliada neste projeto inicial no valor de R$600 milhões. Segundo o secretário de Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente do Paulista, Tiago Magalhães, o projeto é inicial, mas está com todos os dados necessários para captar os recursos. “Apesar de se tratar de um projeto inicial, ele está bem elaborado, por isso, temos grandes esperanças da capacidade de captação do projeto”, finalizou o gestor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário